sábado, 12 de abril de 2014

TEATRO ABEL NÃO TEM ACESSO PARA PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS


O Instituto Abel, localizado na Av. Roberto Silveira, em Niterói, precisa de obras para que melhore o acesso a portadores de necessidades especiais, como idosos, gestantes e deficientes físicos, pessoas que vivem seus momentos de fragilidade e precisam de ajuda para subirem as escadas que se dirigem ao último andar do teatro.

O único elevador que existe para tais pessoas é insuficiente e só vai até o segundo andar. A escadaria é muito cansativa e quando minha mãe vai assistir, junto com meu pai, a uma peça de teatro, volta sentindo dores, porque só tem a escadaria como opção.

É certo que o prédio do Instituto Abel é muitíssimo antigo, mas isso não impede que sejam feitas adaptações no seu interior para favorecer a chamada acessibilidade, porque os tempos são outros e hoje temos muito mais preocupações de caráter altruísta do que antes.

Por isso, é necessário que sejam feitas obras de reformas para que se permita que idosos, gestantes e deficientes possam ter acesso ao Teatro Abel, para curtirem o direito de assistirem aos espetáculos nele realizados.

Nenhum comentário: