domingo, 20 de abril de 2014

EMMY ROSSUM É UM EXEMPLO DE MULHER


Emmy Rossum, atriz do seriado Shameless, sucesso da TV norte-americana já no fim de sua quarta temporada, é um exemplo de mulher. Culta, bem humorada, de beleza sofisticada e voz sexy de fala ágil, a atriz não faz o tipo festeira, dessas que são viciadas em noitadas, nem é daquele tipo que apronta escândalos.

Discreta, comunicativa e simples, Emmy Rossum é também uma cantora de um pop mais sofisticado, surpreendentemente talentosa para seus 28 anos, se compararmos que ela é cinco anos mais nova que Britney Spears e esta faz um pop mais comercial com voz robotizada e qualidade musical discutível.

Ávida leitora de livros, Emmy recentemente foi a um salão de beleza fazer as unhas lendo um livro do historiador e jornalista Robert Katz (!). Em seguida, Emmy estava lendo uma coletânea de contos de Roald Dahl, escritor conhecido pela obra A Fantástica Fábrica de Chocolate.

A gente fica indagando, no Brasil medíocre de hoje, sobreo sentido de garotas ficarem se "achando" por não terem que ler livros, ou então outras que, quando os leem, é por pura obrigação ou então por inclinação a obras consideradas best sellers, não raro de qualidade muito duvidosa e às vezes de temáticas supérfluas para merecerem qualquer leitura.

Sonhamos com Emmy Rossum, com sua beleza deslumbrante, sua formosura, sua sensualidade, sua desenvoltura admirável, sua simpatia, seu talento, sua inteligência, seu jeito de ser, próprio, atraente, sedutor e apaixonante. Quem dera se as brasileiras fossem como Emmy Rossum.

Nenhum comentário: