sábado, 8 de março de 2014

O GLOSSÁRIO DA FALSA SOLTEIRA


Muito cuidado. Tem muita pseudo-solteira por aí. Como foi provado no último Carnaval e ocorre também nos agitos noturnos e no "submundo" das "subcelebridades", inclusive algumas "musas" popularescas que estão por aí posando de pretensas solitárias por orientação de seus empresários.

Muitas dessas mulheres estranhamente se dizem "encalhadas" com um certo orgulho e alegria. Várias querendo esconder seus namorados ou até maridos - talvez por serem muito durões - e outras que ficam fazendo beicinho diante dos assédios masculinos, se passando por "difíceis" para depois reclamarem por aí (e também pelo Facebook) que "os homens têm medo delas".

Mas, aliando mensagem subliminar e pretensiosismo barato, vamos aqui mostrar um glossário das pseudo-solteiras, para que os homens que queiram comemorar o Dia Internacional da Mulher procurando alguma moça não caiam em armadilhas, desilusões ou, na "melhor" das hipóteses, tédio e aborrecimentos.

Note-se que muitas dessas pretensas solteiras não vão dizer, na cara dura, "sou solteira", salvo exceções. Na verdade, usam a expressão "estou solteira", mais momentânea, porque dizer "sou solteira" seria forçar a barra demais, embora realmente muitas pseudo-solteiras são de forçar a barra mesmo.

Portanto, aqui vão os jargões ditos pelas pretensas "solteironas" e o que realmente significam essas expressões, por trás da retórica. Muitos são eufemismos ou elipses que escondem o verdadeiro sentido que tais mulheres não querem dizer para não abrir o jogo e deixar a máscara cair:

"ESTOU SOLTEIRÍSSIMA" - O "refrão" dito até mesmo por muitas funqueiras significa, na verdade, que a mulher que diz essa frase teve alguma discussão com o namorado ou o marido, e que vai passar o fim de semana desacompanhada. "Solteiríssima" não quer dizer, do contrário que parece, estar "livre, leve e solta", mas simplesmente ir e vir sem a companhia de qualquer homem.

"ESTOU SOLTEIRA NA PISTA" - A mesma coisa que antes, só que num contexto mais específico. Significa que a mulher, que não está realmente solteira, apenas vai curtir a festa sozinha, dançar sem que viva alma masculina possa dar assédio ou acompanhá-la na volta para casa. Na prática, a frase quer na verdade dizer "estou fechada comigo mesma esta noite".

"ESTOU FAZENDO AMOR COM VIBRADOR" - A frase dá a falsa ideia de que a suposta "solteirona" não tem pretendentes e sua vida amorosa não acontece. Mas o sentido oculto da frase indica tão somente um estado de abstinência sexual, talvez porque a moça em questão está longe do marido ou do namorado. O comentário, aliás, é estúpido e grosseiro demais para uma mulher que realmente está solteira tenha coragem de dizer.

"SOLTEIRA E FELIZ" - A expressão é apenas um eufemismo para a pseudo-solteira dizer que está desacompanhada e alegre numa determinada ocasião. Nada de felicidade por estar solitária e sem qualquer parceiro. Às vezes é uma funqueira ou uma "boazuda" qualquer que segue seus compromissos profissionais longe de seus namorados e maridos, "guardados" no anonimato da pseudo-separação para que não se envolvam na exposição a factoides e outros sensacionalismos.

"ESTÁ FALTANDO HOMEM" - Declaração dada por muitas jovens moças nos agitos noturnos e eventos como micaretas, vaquejadas, Carnaval e "bailes funk". Mas a verdade é que essa frase é ao mesmo tempo um eufemismo e uma elipse. Sendo elipse, que é um recurso gramatical que esconde certos adjetivos, o termo tem o mesmo sentido de quem diz "eu não bebo" quando quer dizer que não bebe álcool.

O termo, portanto, quer dizer "está faltando homem elegante", e é dito por muitas moças que se passam por "encalhadas" mas são constantemente assediadas por rapazes que não lhes agradam. A questão não é realmente não haver homens, mas de não haver homens considerados educados e atraentes o bastante para alguma conquista amorosa.

Nenhum comentário: