sexta-feira, 20 de setembro de 2013

VENDAS DE DISCOS DE VINIL CRESCEM EM TODO O MUNDO


Cerca de 20 anos depois da tecnologia de vinil decair no Brasil, chegou aqui, há alguns dias, a notícia de que as vendas de discos desse formato cresceram 17,7% em todo o mundo.

Sim, apesar da supremacia do CD, ou mesmo das ameaças de extinção do CD anunciada por delirantes tecnocratas, os velhos "bolachões" não só continuam em alta como também são considerados preciosidades cult por um significativo número de amantes da música.

Segundo o sítio Mashable.com, as vendas aumentaram 17,7% segundo dados levantados em 2012 comparados com os de 2011. Cerca de 4,6 milhões de discos de vinil foram vendidos no período pesquisado.

No Brasil, o mercado de discos de vinil ainda é muito tímido, mais concentrados em lojas de sebos, onde são comercializados discos usados e antigos. Existem lojas de discos e livros que vendem discos de vinil novos, incluindo de títulos inéditos, como as lojas Livraria da Travessa e Saraiva Mega Store, mas os títulos custam muito caro.

Isso ainda intimida muita gente, apesar dos discos de vinil já terem sido assimilados parcialmente pela cultura alternativa, e é necessário que se faça uma política para reduzir os preços dos discos de vinil, que, no advento do CD, chegavam a ser bem mais baratos e hoje ocorre o inverso.

Nenhum comentário: