sábado, 17 de agosto de 2013

PT RESOLVE MANTER APOIO A SÉRGIO CABRAL FILHO


Para quem acreditava ser possível o Partido dos Trabalhadores estar sempre ao lado dos movimentos sociais que acontecem no país, a notícia soa como uma bomba. A executiva nacional do PT, a partir de decisão do presidente do partido, Rui Falcão, decidiu manter seu apoio ao governador do Estado do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral Filho.

Mesmo com 12% de aprovação nos dados dos institutos de pesquisas - há quem diga que o índice de apoio ao governador é bem menor -  , Sérgio Cabral Filho mantém-se politicamente fortalecido com a permanência do PT na base aliada, apoio que reflete também no do prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes.

A executiva nacional do PT não acatou a proposta do senador Lindbergh Farias, que queria que o PT saísse da base de apoio no Estado e na capital fluminense. A decisão de Rui Falcão de manter o apoio a Cabral Filho foi decidida depois de várias reuniões a respeito.

Sérgio Cabral Filho é uma das principais figuras rejeitadas pelos manifestantes que desde junho realizam protestos por todo o país. Um grupo chegou a ficar acampado em frente à residência do governador, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

Com a decisão, o Partido dos Trabalhadores estabeleceu também que a decisão de romper ou manter o apoio ao PMDB fluminense partirá da executiva nacional, e não da regional. A aliança teria sido mantida como estratégia para a campanha de 2014.

O fato de Luís Inácio Lula da Silva ter boas relações com Sérgio Cabral Filho também teria sido um dos motivos para a manutenção da aliança.

Nenhum comentário: