sábado, 15 de junho de 2013

KATE UPTON APELA PARA VOCABULÁRIO TRADICIONAL NA SUA MENSAGEM


A modelo e agora atriz Kate Upton é uma típica musa moderna. Tem 21 anos, a mesma idade das atrizes lançadas pelos canais Disney e Nickelodeon, possui um corpão bastante cobiçado pelos homens, e, solteira, foi envolvida em boatos de que ela estaria namorando ídolos do hip hop norte-americano.

Pois a deliciosa e belíssima Kate Upton, que se enquadraria no perfil que a grande mídia dedicada aos jovens definiria como "descolado", escreveu no Twitter uma mensagem de agradecimento ao seu aniversário, comemorado no último dia 10, com uma mensagem que, descontando o emoticon no final (":)", correspondente a "sorriso"), soaria "careta" para aqueles que se passam por "modernos" no Brasil.

Eis o que ela escreveu:

“My friends and family are the best!! Thank you everyone for your birthday wishes :),”

Traduzindo em bom português: "Meus amigos e minha família são os melhores!! Muito obrigada a todos por seus votos pelo meu aniversário :)".

Já imaginou se ela escrevesse "My crew from the streets and my crew from home are everything of good, show of the ball and ten note" ("Minha galera lá da rua ou minha galera lá de casa são tudo de bom, show de bola e nota dez")? Ficaria bastante patético.

Se ela então escrevesse, em vez de "I had a happy birthday party with my friends" ("Eu tive uma festa de feliz aniversário com meus amigos"), "I had a ballad of my birthie with da crew" ("Eu tive uma balada de niver c'a galera")? Seria mais patético ainda, e, em português, daria em cacófato ("c'a galera").

E pensar que muita gente se acha moderna falando essas gírias tolas como "galera" e "balada" e ainda se ofende quando alguém chama essa gente de retrógrada. E desde quando falar gíria é ser moderno? Falar bem é muito mais avançado e moderno do que se afundar num dicionário de gírias forçadas que nem tem serventia social, porque elas não passam de gírias forçadamente divulgadas pela grande mídia.

Nenhum comentário: