terça-feira, 9 de abril de 2013

AS "DONAS DE CASA" REAIS E AS MUSAS DO "JEANS VIAJANTE"

ALEXIS BLEDEL, AMERICA FERRERA, AMBER TAMBLYN E BLAKE LIVELY - Garotas legais ficam quase sempre comprometidas.

Semanas atrás, foi anunciada a notícia de que Alexis Bledel, a gracinha que fez parte do elenco do seriado Gilmore Girls e do filme Sin City e já fez par romântico com Rodrigo Santoro, tornou-se noiva de seu namorado.

Curiosamente, outras atrizes da Irmandade do Jeans Viajante, America Ferrera (de Betty A Feia), Amber Tamblyn (de Joan Of Arcadia) e Blake Lively (de Gossip Girl), estão casadas. Independente de que marido cada uma têm, o que se sabe é que moças legais estão cada vez ficando mais comprometidas.

Enquanto isso, a imprensa norte-americana já divulga a facilidade com que as chamadas "donas de casa reais" (entende-se "reais" no sentido de reality show) se divorciarem com muita facilidade. Só a tal da Adrienne Maloof ganhou muito destaque quando se divorciou de seu marido Paul Nassif.

Apesar do alto poder aquisitivo - ou talvez, pelo contexto, por causa dele - , essas "donas de casa" de riélites nos EUA são em sua maioria de personalidade bastante superficial. Não diferem muito da nossa Val Marchiori, pelo superficialismo em nome da elegância e da vontade de consumir coisas caras.

Nos EUA, ainda dá para ver várias famosas solteiras de qualidade. Mas no Brasil isso é ainda mais raro. Mesmo assim, preocupa o fato de que mulheres legais ficam facilmente comprometidas e, em muitos casos, algumas delas seguem casadas até com homens não muito legais assim, mas cujo status social não há infidelidade que dê em divórcio.

No Brasil, então, se um homem quiser ter a mulher de sua afinidade, precisa ser empresário, profissional liberal ou ter alguma sorte na vida. E, de preferência, tenha algum elemento de ordem física, social ou econômica que corresponda ao status quo masculino. Se você for um nerd autêntico da linha Big Bang Theory, é melhor chorar na solidão ou aceitar namorar mulheres sem valor.

Nenhum comentário: