segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

EXPLICANDO A RESPOSTA DE VIVIANE VICTORETTE

 
Recebi, por intermédio das redes sociais, uma resposta da Viviane Victorette, por conta de um texto que escrevi, gerando um mal entendido que o texto que escrevi pode ter gerado. A atriz admite não ter entendido a comparação que eu fiz entre ela, que é uma atriz talentosa e esforçada e por isso uma mulher invulgar, e as mulheres vulgares que dominam a mídia.

Sei que tais comparações são um risco, mas cabe aqui fazer os seguintes esclarecimentos:

"1- O que eu tenho com mulheres frutas ?"

A comparação da Viviane com as "mulheres-frutas" nada tem a ver com as críticas à atriz, mas às mulheres vulgares que dominam a mídia. Pelo contrário, Viviane é elogiada por ter um diferencial, que é seu talento e sua personalidade, bem diferente das musas vulgares.

O problema não está na Viviane, e eu apenas usei o exemplo dela para confrontá-lo com o vazio que as funqueiras e "musas" como Mayra Cardi e Geisy Arruda representam. Portanto, Viviane pode ficar sossegada, a citação dela foi em seu favor.

"2- nunca escondi meu casamento de ninguém, tem varias matérias com ele."

Nunca disse que Viviane escondeu seu casamento. Nunca. A citação não foi em relação a ela, foi apenas um "parêntesis" pelo fato de que as musas vulgares, sim, é que não assumem suas vidas amorosas, enquanto Viviane assume claramente.

Mais um ponto a favor da Viviane, que tem uma família e é bastante feliz em tê-la formado e em mantê-la unida nessa vida cheia de desafios. Coisa que muitas funqueiras é que não têm coragem de fazer, elas é que promovem uma falsa imagem de "solteiríssimas". Tem funqueira que mostra até filho adolescente, mas seu marido está lá escondido sei lá aonde.

"3- por que envolver meu marido?ele nao e do meio."

A nota se baseou numa notícia do portal R7. Se houve algum problema, peço desculpas. Entendi que, por ter feito trabalhos na Rede Record, Viviane teria sido noticiada de forma respeitosa, longe das fofocas que se faz, por exemplo, sobre uma Flávia Alessandra. As notícias citaram o marido da atriz, portanto eu apenas peguei carona numa outra notícia. Pode ser um erro meu, mas ele partiu do R7. Se houve problema, repito, peço desculpas.

"4- verificar a noticia. Ele nao me proibiu de fazer nada, e eu estava fazendo teatro, a pausa foi para o nascimento da minha filha."

As reclamações, com base no meu comentário meu anterior, poderiam ser direcionadas para o portal R7, pelas razões apresentadas acima. Portanto, reitero minhas desculpas.

"5- sou atriz, sempre estudei muito, ganhei vários prêmios pela drogada( novela o clone). E sinceramente nao entendi a comparação. Mas respeito sua opinião . "

A comparação envolve uma questão delicada que é que não são muitas as mulheres com o perfil e o talento da admirável e esforçada Viviane, que tem méritos naturais para conquistar seu espaço. Infelizmente, moças assim não são comuns e daí minhas críticas à vulgaridade feminina. Eu apenas citei a Viviane Victorette como um exemplo positivo, confrontando com o exemplo negativo das centenas de musas vulgares que dominam a mídia apenas "mostrando demais".

Quanto ao fato de eu não publicar espaço de mensagens, é que ultimamente o blogue andava sofrendo muita trolagem por conta dos assuntos apresentados. Reconheço que o conteúdo dele é polêmico, mas são poucos que são capazes de mandar uma mensagem de notável coerência e respeito como a de Viviane. É mais comum os internautas partirem para a baixaria.

Concluindo. O propósito de citar o exemplo de Viviane Victorette foi uma forma de mostrar uma mulher de excelentes qualidades como ela, que é uma atriz de personalidade e perfil batalhador, como forma de contrapôr às inúmeras musas vulgares sem conteúdo que dominam a mídia, como Mayra Cardi, Geisy Arruda, as funqueiras, paniquetes e por aí vai.

Fica aqui o agradecimento pela resposta de Viviane. E desejo boa sorte a ela, o marido e a filha, e boas festas nesse tempo de Natal e Ano Novo. Abraços.

Nenhum comentário: