sábado, 6 de outubro de 2012

RÁDIO: SINAL DOS TEMPOS

COMENTÁRIO DESTE BLOGUE: A constatação de que o rádio anda perdendo audiência é feita há tempos pelos internautas, mas hoje se vê a confirmação nas ruas, e mesmo o Ibope teve que reconhecer isso.

E o texto aqui é escrito por Marcos Niemeyer, com muito conhecimento de causa, já que possui vasta experiência no ramo. E mostra que não é só o rádio AM que anda enfraquecendo - sobretudo pelas "orgias" religiosas - mas pelo rádio FM que se tornou um balcão de negócios dos grupos de rede.

Com isso, a televisão rouba a audiência do rádio, sobretudo nas transmissões esportivas - fato que há muito existe no Sul e Sudeste e já começa a ocorrer também nas capitais do Norte e Nordeste - que, nas ondas de FM, levam sucessivas derrotas que nenhuma poluição sonora das vizinhanças e nenhuma audiência "espontânea" em estabelecimentos comerciais consegue resolver.

Sinal dos tempos

Por Marcos Niemeyer - Blogue Cacarejadas & Alfinetadas

>> Pesquisa do Ibope revela que o principal meio de comunicação no país em décadas passadas, o rádio tradicional está fora de 25 por cento dos lares brasileiros - o que significa um índice de alcance 22 pontos percentuais menor que o da TV.

Presente em 97 por cento dos domicílios - acredito que eu seja praticamente o único brasileiro que me  dou ao luxo de não ter TV em casa -, a televisão está praticamente e, infelizmente, no comando.

Tanto é, segundo o Ibope, que 43 por cento das pessoas que acessam a internet  o fazem assistindo programas televisivos. As informações são do Ibope e estão reunidas na exposição 'Opinião – O que o Brasil Acha do Brasil' –  evento em comemoração aos 70 anos do instituto de pesquisa.

Não é preciso ter bola de cristal para prever que neste novo milênio a tendência - do ponto de vista radiofônico -, são as rádios online. O diferencial  desse novo sistema  é rodar música de boa qualidade sem encher o saco do ouvinte com o falatório interminável dos locutores tradicionais, uma espécie em extinção.



Nenhum comentário: