domingo, 27 de maio de 2012

FATOS GERAIS FAZ CAMPANHA PARA REVALORIZAR A MPB


O amigo Leonardo Ivo está fazendo uma excelente campanha, no blogue Fatos Gerais, para revalorizar a verdadeira Música Popular Brasileira, aquela que não vive da preocupação de lotar plateias nem de enganar o grande público.

A força da verdadeira MPB está na música, e isso está acima até mesmo de qualquer fetiche associado a um cantor ou grupo, embora os verdadeiros artistas mereçam reconhecimento e admiração por criarem ou interpretarem com respeito à arte as verdadeiras canções.

A verdadeira MPB, em sua História (com H maiúsculo), pôde ser feita tanto por gente como o humilde Angenor de Oliveira, o Cartola, que foi jardineiro e contínuo de jornal, como gente de formação universitária como o pessoal do Clube da Esquina. A finalidade não é criar sucessos para consumo imediato, mas canções que durassem pelo seu valor e linguagem expressivos.

Além disso, é nos artistas da MPB autêntica que se encontram pessoas dotadas de muita simplicidade, a verdadeira gente simples que não precisa de folha de pagamento nem de seguro-desemprego ou coisa parecida para demonstrar que é realmente simples.

Afinal, vemos que um Chico Buarque possui muito mais simplicidade do que todos os ídolos "injustiçados" da música brega (e seus derivados) juntos. A simplicidade está na alma, não nos baixos salários nem no suposto fracasso pela crítica musical.

Por isso, a MPB autêntica, honesta, despretensiosa e talentosa, foi deixada de lado pela mediocrização musical do brega e seus derivados, e seu poderoso esquema financeiro, político e midiático que tirou a MPB do gosto popular, a não ser de forma parcial e secundária (como, por exemplo, através da peneira das trilhas de novelas).

Mas não há brega que por mais sucesso que faça tenha o mesmo valor de um verdadeiro artista de MPB. E é isso que Fatos Gerais, com seu pequeno mas corajoso esforço, busca fazer, através de uma série de vídeos com clássicos da MPB autêntica. Pode não fazer um Flávio Venturini fazer o mesmo sucesso de Michel Teló, mas pretende recolocar a MPB no seu devido lugar.

Valeu a iniciativa, Leonardo Ivo! E vá adiante!

Nenhum comentário: