domingo, 31 de outubro de 2010

DILMA ROUSSEFF É A PRIMEIRA MULHER PRESIDENTE DO BRASIL



Foi anunciada a vitória, por antecipação, da candidata à presidência da República pelo PT, Dilma Rousseff, que se tornará a primeira mulher a ser presidente do Brasil, no começo do próximo ano.

A contagem, ainda em andamento, apontou margem de votos em 55,59% para Dilma, contra 44,41% para José Serra. O que indica que é difícil Serra fazer uma virada na porcentagem de votos. Os dados, colhidos há poucos minutos, foram divulgados pelo portal R7.

Com isso, a aliança de centro-esquerda mantém-se no poder, e o caminho traçado por Luís Inácio Lula da Silva, que contribuiu para a recuperação do país, terá continuidade com sua sucessora.

JÁ ESTÁ CANSANDO!!!!



A supergracinha Maria Helena Chirra é casada com um produtor musical. E, em que pese terem surgido algumas novas solteiras entre as classudas, a maioria ainda é relacionada ao universo fútil das popozudas.

Já começam a cansar a paciência de qualquer um a exibição gratuita de corpos das popozudas, que não têm coisa alguma a dizer. Em tese, Nana Gouveia é "atriz" e Priscila Pires "jornalista", mas o que elas fazem além de mostrar seus glúteos? Nada!

Vemos aqui uma nota do suspeitíssimo portal Ego - das Organizações Globo, ícone da Idade Mídia - com sua "queridinha" de 35 anos (mas parece mais uma menininha calipígia de 19 anos), em mais uma exibição de seus dotes físicos.

O portal Ego disse que apareceu uma plateia. Mas quem garante que o pessoal não foi pago para fazer figuração, ou que alguns curiosos passaram por lá, viram o que era, e foram embora sem manifestar qualquer interesse?

JUJU NÃO É A MAIS SEXY DO MUNDO



A juventude burguesa brasileira é matuta, bairrista, provinciana, mas metida a cosmopolita. Mais parecem uma versão emo da República Velha, de tão isolados e narcisistas que são.

Se eles acreditam que essas raves fajutas - que eles chamam de "baladas" - são as mais modernas do mundo e acham que o must é curtir gangsta rap e techno disco (que, na verdade, se chama italo house), então eles devem acreditar mesmo na lorota de que a revista VIP elege as mulheres mais sexy do mundo.

Reduto de pseudo-nerds, a revista VIP na verdade é uma publicação derivada da revista Exame, dedicada ao público empresarial e executivo. Mas VIP, pretensa dissidente da revista-mãe, mais parece uma publicação voltada para os adolescentes e marmanjos que só veem o valor da mulher pelos glúteos.

Algumas musas classudas aparecem na votação anual das cem mais, mas elas obtém colocações inferiores. No entanto, é impossível creditar a votação como "as mais sexy do mundo", porque ela é feita no Brasil e para o Brasil. Comparar a votação da revista VIP com a do portal AskMen, por exemplo, é covardia.

A votação prioriza mulheres que aparecem na mídia, sejam as boazudas da hora, sejam as atrizes que estão no ar na temporada. Não é um manifesto a favor do feminismo, nem uma ode à beleza feminina. E também não tem muita importância, se vermos que, em âmbito mundial, mulheres como Emma Watson e Dakota Fanning demonstram um charme e um encanto que nenhuma paniquete consegue alcançar.

As paniquetes, aliás, não são mais do que mulheres-frutas de luxo. E, com toda a segurança, nem de longe podem ser consideradas as mais sexy do mundo. Se nem para as mais sexy da província elas conseguem ser...