sexta-feira, 15 de outubro de 2010

O TRATAMENTO DE JOSÉ SERRA AOS PROFESSORES



Lembrando que hoje é o Dia do Professor, este é o "diálogo" que José Serra faz com os professores.

Se bem que Serra certamente abrirá exceção para o profeçor mineiro Eugênio Arentes Raggi - o Joaquim Silvério dos Reis da blogosfera progressista - , porque este, apesar de jogar no time adversário, sempre faz gols para o time golpista.

Raggi será tratado com verdadeiro carinho pelo demotucanato, já que defende os valores "folclóricos tradicionais" da nossa "mídia democrática".

FALTA DE PÚBLICO FAZ CANCELAR PEÇA COM EX-BBB



A peça O Que a Viúva Tem, que conta com a participação da ex-BBB Francine Piaia, teve que ser cancelada por falta de público, informa o portal R7.

A produção estava em turnê em Santa Catarina, e um sessão no Teatro Carlos Gomes, em Blumenau, teve que ser cancelada devido à baixa venda de ingressos.

E olha que Francine Piaia é considerada a mais "razoável" dos ex-BBB's. Imagine se a peça tivesse Priscila Pires no papel principal. Apesar de ser bem mais badalada que Francine, Priscila Pires é muito menos esforçada.

Afinal, sabemos, as aparições de Priscila Pires são ocas e sem sentido, enquanto Francine, ao menos, se esforça em alguma coisa, dentro dos limites do superficialismo do BBB. Perto de Priscila Pires, Francine Piaia parece uma intelectual, ou uma atriz da nouvelle vague francesa.

Além do mais, os fãs de Priscila Pires não são de ver peças de teatro. Querem vê-la mesmo é na noitada, reduto da juventude alienada e arrogante deste país. Para não dizer nas horrendas micaretas, vaquejadas e "bailes funk" por onde a calipígia e arrogante ex-BBB costuma muito ir, de tão viciada em badalações.

LATIFÚNDIO FLUMINENSE SE REÚNE EM RIO DAS OSTRAS



Uma boa oportunidade para os jornalistas investigativos conhecerem os latifundiários do Estado do Rio de Janeiro é a Festa da Colheita a ser realizada este fim de semana em Rio das Ostras.

Os "coronéis" que sustentam sobretudo o entretenimento brega-popularesco no Estado - até mesmo "funk carioca" (FAVELA BASS) e sambrega - estarão lá, patrocinando o evento.

No entanto, o evento, por ora, só terá atrações de breganejo, forró-brega e gospel. Mas, em todo caso, essas atrações popularescas também são do gosto das marias-coitadas que frequentarão o evento, correndo atrás de seus ídolos e suas músicas chorosas de doer os tímpanos.

Já está na hora de haver produtores que realizem eventos alternativos nas cidades do interior, só com artistas de MPB autêntica, em vez desses reles lotadores de plateias. O povo do interior carece de música de qualidade, sô!