terça-feira, 8 de junho de 2010

TRIBUTO AO FEBEAPÁ


Meu amigo Bruno Melo, com este tópico de Cultura Alternativa, me fez lembrar do Febeapá - Festival de Besteiras que Assola o País - de Stanislaw Ponte Preta, pseudônimo do saudoso Sérgio Porto. Ele se foi, mas as besteiras continuaram rolando e crescendo, crescendo e crescendo, até o povo ter a impressão de que o festival de besteiras é uma sucessão de fatos normais do cotidiano. Aliás, nada mais Febeapá que achar essas besteiras tão naturais.

Aqui estão dez besteiras que certamente Sérgio Porto não viveu para conhecer, mas que certamente deixariam o jornalista, se estivesse vivo e já velhinho, bastante pasmo:

1. Cantor de "pagode mauricinho" não consegue fazer um samba, se limitando a ser um imitador de Luís Miguel com Usher, apenas com alguma batida de pandeiro. Mas ele e seus fãs fazem muita questão de que o tal cantor seja sempre reconhecido como um grande sambista.

2. Político corrupto de Salvador, Bahia, compra emissoras de rádio, ações de TV e jornal com parte das verbas desviadas dos cofres públicos (a outra parte, claro, foi para sua fortuna pessoal). Anos depois, ele passa a ter reputação de "jornalista sério e responsável", até mesmo por pessoas prestigiadas da sociedade civil.

3. O mesmo corrupto baiano, figura tradicional da direita local, passou a ser cortejado por parte dos intelectuais e políticos de esquerda, que ainda estranharam quando foram traídos e espinafrados pelo referido indivíduo.

4. Crítico musical que elogiava as tendências da música cafona fez grande carreira em um famoso jornal direitista de São Paulo. Depois de tal experiência, o crítico musical foi fazer as mesmas lições aprendidas no jornal direitista em veículos da imprensa de esquerda.

5. Garota internauta (sim, garota) reclama de críticas que este blog fez a uma "mulher-fruta" do "funk", e ainda defende o direito da mesma em vender seu corpo para a mídia. Há mulheres que adoram ser tratadas como objetos e pensam que vão vencer na vida assim.

6. Um esperto empresário de eventos fabrica um grupo de porno-pagode e, com seu dinheiro e muito jabaculê, o promove como um dos maiores fenômenos de sucesso do Brasil. A "armação", no entanto, é mais tarde incluída num documentário sobre folclore brasileiro.

7. Musas popularescas costumam ser consideradas as mais desejadas entre os homens. No entanto, quase todas elas reclamam da dificuldade de arrumar um namorado. Por que será?

8. Homens dotados de caráter moral elevado, senso de humor jovial e inteligência refinada são castigados pela probabilidade maior de conquistarem mulheres grotescas, infantilizadas e burras.

9. Homens com mais de 50 anos vivem casamento estável com mulheres bem mais jovens. Mas eles têm medo de rejuvenescerem suas personalidades com elas.

10. Pessoas imbecis se acham mais inteligentes que as pessoas realmente inteligentes.

QUEREMOS BLANCO NA 479B MESQUITA / PRAÇA MAUÁ!!





Prezados amigos, está lançada a campanha para tirar a Trans 1000 da linha 479B Mesquita / Praça Mauá. A Trans 1000, com seus carros antigos e com parte da frota de ar condicionado com o aparelho enguiçado, não pode mais continuar atuante, diante de tão péssimo serviço.

Sei que será trabalhoso pedir a saída da Trans 1000 em todas as linhas, o ideal seria isso (e com a transferência dos rodoviários da Trans 1000 para suas substitutas, com todas as garantias e direitos trabalhistas mantidos). Mas, levando a campanha gradualmente, escolhemos a linha 479B Mesquita / Praça Mauá como etapa atual da campanha.

A Trans 1000 tem os mesmos defeitos que provocaram o cancelamento de concessões em outras empresas. A Transportes Oriental, antes uma tradicional empresa carioca, tornou-se uma verdadeira sucata e além do mais usou uma pintura que dava aos ônibus um aspecto de sujos (e, aliás, eram mesmo), tendo sido extinta pela pressão das autoridades.

Como uma "Transportes Oriental" da Baixada, a Trans 1000 tem um desenho horroroso, uma frota sucateada que, no caso da linha 479B, só não teve carros enguiçados com frequência porque Deus é muito bom para os passageiros. Mas os passageiros embarcam nos ônibus sempre preparados para desembarcarem em algum trecho da Av. Brasil ou Via Dutra para esperar outro ônibus.

Por isso, pedimos a substituição da Trans 1000 pela Transportes Blanco, na linha 479B Mesquita / Praça Mauá. Que seja o mais rápido possível. Que sejam colocados carros da Marcopolo Torino 2007 e Marcopolo Ideale, todos com ar, na referida linha. A Blanco está com uma frota exemplar e, surgida da modesta São Jorge, está dando um banho no seu serviço, enquanto a Trans 1000, antes uma empresa exemplar, hoje mais parece uma empresa de fretamento de bóias-frias.

Queremos a saída rápida da Trans 1000 na linha 479B. Não tem como discutir. Vamos divulgar o máximo dessa campanha, para que ela dê certo e se estenda para as demais linhas da Trans 1000, para assim tirarmos essa empresa deficitária do serviço de coletivos da Baixada Fluminense.

QUEREMOS BLANCO NA 479 MESQUITA / PRAÇA MAUÁ!! O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL!!

NEM SEMPRE COMPENSA BANCAR O "MADURO"


SERGINHO GROISMAN ESTÁ SEMPRE NA FRENTE DOS "COROAS MADUROS". NO SENTIDO MENTAL E ETÁRIO.

Roberto Justus tem 55 anos.
Almir Ghiaroni tem 56 anos.
Eduardo Menga tem 57 anos.
Creio que Malcolm Montgomery e Edmar Fontoura estão em torno dos 57.

Mas de que adianta carregar no comportamento "maduro" se o superjovial Serginho Groisman sempre está na frente deles.

Serginho Groisman está com 60 anos.

ELLEN ROCHE FAZ A DIFERENÇA



Uma admirável exceção que surgiu anos atrás no meio das boazudas é a modelo e agora atriz Ellen Roche, que há um bom tempo se dissociou da imagem de "gostosona fácil". E olha que ela nem apelava muito para o grotesco, se comparado com as mulheres-frutas e as dançarinas do É O Tchan.

Ellen Roche é tudo o que Nana Gouveia gostaria de ser mas não é, pois a balzaquiana ultimamente anda abusando da exibição de seus dotes físicos, de tal forma exagerada que começa a causar tédio em muitos marmanjos.

Como vemos nesta foto, Ellen também sabe vestir de forma discreta e comportada, além de não exagerar mesmo em papéis sensuais nas participações dos programas de TV. Ou seja, Ellen hoje se aproxima mais do perfil de musas como Suzana Alves que, com o pseudônimo de Tiazinha, virou bode expiatório de toda a vulgaridade, pagando até pelos pecados que outras fazem, como Rosiane Pinheiro e Nana Gouveia.

Sabemos que a Tiazinha, na verdade, tem como identidade secreta uma moça classuda que é Suzana, que foi bailarina (eu disse bailarina) do Teatro Municipal de São Paulo e é atriz talentosa e inteligente. Ellen segue o mesmo caminho, e mesmo nos papéis sensuais ela busca ir além, procurando atuar de forma convincente e sem sucumbir ao sensualismo gratuito. Daqui a pouco ela fará também papéis comportados. Será ponto para Ellen Roche.

O seriado SOS Emergência tornou-se uma amostra disso. Compare as participações de Ellen Roche e Nana Gouveia. Ellen fez um papel de uma cardiologista sensual, mas em dados momentos sua personagem se comportava de forma sóbria, e sua atuação foi boa. Nana se limitou, num episódio diferente do de Ellen, a fazer uma pequena ponta fazendo sempre o mesmo papel de "boazuda" que faz na vida real.

E Nana Gouveia ainda pagando calcinha aos 35 anos de idade...