terça-feira, 13 de abril de 2010

AXÉ-MUSIC É O BBB DA MÚSICA BRASILEIRA


INTEGRANTES DO BBB 10, NOS BASTIDORES DA MICARETA OCORRIDA HÁ POUCOS DIAS EM BELO HORIZONTE.

A axé-music é o Big Brother Brasil da música brasileira. Tem a mesma futilidade, o mesmo caráter descerebrado, o mesmo astral de curtição vazia e compulsiva, tenta dar o recado mesmo não tendo o que dizer, é uma inutilidade, uma coisa supérflua, que no entanto se impõe como "coisa importante".

A única diferença é que a axé-music conta com o respaldo de jovens fascistas que, feitos um Comando de Caça aos Comunistas da realidade virtual, invadem comunidades do Orkut para fazer defesa aos ídolos axézeiros, até de forma agressiva, boçal e ofensiva.

A axé-music é tão arrogante e megalomaníaca que, musicalmente, é totalmente superficial. É a dance music brasileira, com todo o mercantilismo explícito, com toda a baixa qualidade artística. Pior: o pessoal da axé-music se acha o "dono da MPB", com direito até mesmo a lucrar com a morte de Tim Maia, se for necessário. Além da pretensão absurda da axé-music se achar a herdeira do Tropicalismo, o que não é verdade. Quem herdou o Tropicalismo, por exemplo, foi a MPB paulistana do final dos anos 70, de Itamar Assumpção e Arrigo Barnabé.

A axé-music é o Big Brother Brasil da música, vale repetir. Não por acaso, a micareta ocorrida em Belo Horizonte, há poucos dias, estava cheia de "celebridades" (prestem atenção nas aspas) que integraram o BBB 10. Tudo a ver. O mesmo vazio, a mesma superficialidade, o mesmo astral abobado, forçadamente alegre. Com a diferença que a alegria falsificada dos BBBs, uma vez criticada, gera resignação dos criticados. Já a axé-music, arrogante até a medula, uma vez criticada, gera ataques violentos. Daí a arrogância de um cantor de axé-music que logo investiu para processar um publicitário que o criticou.

E a megalomania da axé-music tem dessas coisas. Dia do Beijo? Eu não tenho a ver com isso. Se eu quiser uma namorada e beijá-la na boca, as micaretas são a última coisa que escolheria para isso. Prefiro aprender inglês e esperar uma estrangeira cair nos meus braços, porque arrumar uma boa namorada está difícil neste Brasil varonil.

Axé-music não é coisa para um nerd como eu. Axé-music é para garanhão, filhinho de papai, rapagão malhado, playboy e outros homens privilegiados. Nerd, não. Até porque uma famosa canção de axé-music, "Ele Não Monta na Lambreta", é um verdadeiro ataque verbal contra os nerds, um legítimo bullying musical.

TROVOADAS EM NITERÓI ANUNCIARAM TRAGÉDIA DO MORRO DO BUMBA


Quem vive em Niterói nos últimos anos deveria ter prestado atenção à maioria dos dias em que ocorriam trovoadas na cidade.

Nos dias de calor fortíssimo, as nuvens cinzentas que prenunciavam trovoadas em Niterói se formavam sobretudo na área compreendida entre a zona de Viçoso Jardim e Ititioca - onde se situa o Morro do Bumba - , o entorno do Largo da Batalha e Parque da Colina e as áreas de Caramujo e da Cova da Onça, onde muitas áreas verdes foram desmatadas por conta das favelas e que em parte também foram atingidas nos dois trágicos dias de tempestade no Grande Rio, na semana passada.

Por isso, as trovoadas em si já anunciavam a tragédia que estava por vir. Mas a tradicional indiferença das autoridades, que nem para orientar a população se interessam, fez o povo sofrer com as terríveis perdas materiais e humanas.

O povo sabe do risco que corria, mas não tinha condição alguma de arrumar uma nova casa, por falta de dinheiro necessário para isso. E não há política habitacional que permitisse a inclusão imobiliária, e mesmo a política de urbanização das favelas se deu sem critérios sobre que área de favela teria condições de ser reaproveitada, em vez de demolida.

Por isso, ninguém percebeu, mas a Natureza deu seu recado crucial, para que todos pudessem evitar a tragédia ocorrida. Mas a Natureza não foi ouvida.

CHEGA DE VER O BRASIL BREGA!!!!



CHEGA DE BRASIL BREGA!!

Chega do povo viver sempre subordinado, forçado a ser feliz com seu sofrimento.
Chega da cultura da mediocridade triunfante, que a ninguém faz crescer como ser humano.
Chega do pseudo-desabafo viciado do conformismo cafona.
Chega de alternar pieguice religiosa com grosseria pornográfica.
Chega de meros lotadores de plateias que não criam coisa alguma de valor!!!!
Chega de reacionários defensores da mediocridade dominante.
Chega da ditadura do mau gosto, a querer se passar por "bom gosto" de qualquer jeito.

Chega da corrupção dissimulada!
Chega da violência enrustida!
Chega da crueldade impune, pela lei e pela contemplação pública!!
Chega da ruindade que tenta se impor como coisa boa!!
Chega da pseudo-cultura patética e caricata!!
Chega do atraso travestido de modernidade!!
Chega de ver o povo na prostituição, no alcoolismo, no subemprego!!
Chega dos velhos barões do poder se passando por injustiçados sem poder!!
Chega de machistas que pegam para si as mulheres que eles odeiam!!
Chega de boazudas enjoadas que acham que vender o corpo para a mídia é "feminismo"!

Chega de grupos minoritários se imporem como se fossem a maioria!
Chega de políticos corruptos disfarçados de radiojornalistas honestos!
Chega da cafonice reinante que corre atrás do próprio rabo!
Chega de sentimentalismo romântico viciado!
Chega de tratar as favelas em risco como arquitetura pós-moderna!
Chega de pseudo-artistas grandiloquentes da música brasileira regravando regravações!
Chega de barões da mídia se apropriando da opinião pública!
Chega da desigualdade social que faz tanta gente sofrer!

Chega de tanta injustiça, até aquelas que no momento não me lembro!

CHEGA DE VER O BRASIL BREGA!!

BRASIL, PARE DE SER BREGA!! JOGUE A BREGUICE NO LIXO!!

JOSÉ ROBERTO ARRUDA DEIXA PRISÃO



O Supremo Tribunal Federal decidiu libertar o ex-governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, acusado de esquema de corrupção. Ele saiu da prisão, abraçado à esposa, às 17:20h de ontem.

Como se vê, corrupto rico não fica muito tempo na cadeia. Pizza com arruda.