sábado, 9 de outubro de 2010

LUCILENE CAETANO: REFORÇO PARA O RECREIO MACHISTA



O que significa Lucilene Caetano é algo que não podemos definir senão NADA.

"Apresentadora" e "modelo" são seus supostos atributos, mas ela não passa de mais uma boazuda que só mostra o corpo nas praias, noitadas e academias de ginástica.

É mais uma para o culto ao corpo, para o materialismo machista.

É mais uma para os nerds fugirem, de preferência com a Lei 10.224 no bolso.

Para piorar, Lucilene Caetano adora uma conhecida dupla de breganejo universotário.

Dupla que não podemos dizer o nome, porque a milícia talifã do Abreganistão parte para o ataque.

Lucilene se junta às ex-BBB's (tipo Priscila Pires e Anamara), paniquetes, mulheres-frutas, dançarinas de pagodão, e outras pretensas musas cuja única missão na vida é o culto ao corpo, aos traseiros turbinados, às ginásticas e até um desnecessário drama em relação à celulite.

Bobagem. Se até a estrela teen Victoria Justice expressa sensualidade e formosura física, para que cultuar boazudas que se limitam a ser meros corpos sem conteúdo?

Essas boazudas, aliás, são a tradução brasileira das louras-burras dos EUA.

O pessoal nem desconfia disso. E ainda aplaude quando uma boazuda vai cursar Jornalismo ou Publicidade só para tirar onda.

Mas que não vai trabalhar com Jornalismo. Quando muito, só para ser "repórter" de programeco de variedades da TV aberta só para mostrar o mais do mesmo.

E dizer gírias como "galera" e "balada" a toda hora.

Portanto, Lucilene Caetano é só mais uma.

A reforçar o recreio dos machistas.

A estimular a libido dos tarados mais compulsivos.

É mais uma que não serve, de jeito nenhum, para namorar homens legais.

É mais uma que cairá no esquecimento.

Nenhum comentário: