quinta-feira, 30 de setembro de 2010

TRILHA SONORA DE "ARAGUAIA": A MÚSICA CAIPIRA, SEGUNDO O PiG



Tudo beleza no campo da mídia golpista. Enquanto o desgaste de José Serra faz a mídia grande optar por Marina Silva, opção ecologicamente correta da direita brasileira, a trilha sonora da novela Araguaia mostra que o estremecimento de relações entre a música brega-popularesca e a mídia golpista foi momentâneo.

Nada como comemorar a guinada "verde" da direita com uma trilha sonora repleta de ídolos patrocinados pelas "modernas" oligarquias do agronegócio, não é mesmo?

A música brega-popularesca não iria mesmo viver do jabaculê acadêmico dos intelectuais etnocêntricos. Elogios e apologias não enchem a barriga, quem garante o poder da Música de Cabresto Brasileira é mesmo a Rede Globo, a Folha, a Caras e a Contigo.

Embora a sequência total da trilha sonora da nova novela das 18 horas não foi divulgada, sua produção adiantou que ela terá ídolos breganejos, sejam os "tradicionais", sejam os ditos "universitários", além de alguns cantores de axé-music.

Para manter as aparências, a trilha terá também algumas músicas de MPB autêntica, aquelas que a grande mídia permite liberar e que, futuramente, servirão para eventuais surtos de pedantismo dos medalhões popularescos (ou seja, quando eles sofrerem de esgotamento criativo e tapearem isso com covers ou duetos oportunistas).

Nenhum comentário: