quarta-feira, 15 de setembro de 2010

"PATOLINO" E SUA REAÇÃO BURGUESA À CULTURA POPULAR



Eu mandei mensagens para as versões Twitter dos periódicos esquerdistas, criticando a abordagem favorável ao brega-popularesco, tão conhecida nos textos daqui. De repente, recebi uma notícia de um tal de Patolino, que descobrimos ser Eduardo Sander, autor do chamado Blog do Patolino - http://www.patolino.blog-se.com.br - dizendo coisas como: "Não adianta combater, porque a maioria gosta. Só mesmo uma coreiadonortização do país para mudar as coisas".

Ainda não verifiquei bem a postura real de Sander, mas a presença dele entre os seguidores do Twitter da Caros Amigos e a inclusão do bâner do blog de Paulo Henrique Amorim o fazem, senão um simpatizante, mas um leitor (ou espião?) da mídia de esquerda.

Agora, o comentário dele foi incoerente e, certamente, equiparável a uma dondoca da alta burguesia, que diz que o povo não merece qualidade de vida porque gosta de viver na miséria. Além do mais, se ele diz ser um crítico da grande mídia, então ele deveria lavar a boca com sabão - daqueles de cor laranja, para lavar roupa, que têm um gosto horrível - porque ele também não deveria criticar as Organizações Globo nem o Grupo Abril nem o Grupo Folha, porque também "a maioria do povo gosta". E que só mesmo uma hugochavização do país para combater esses poderosos veículos da grande mídia.

Escrevi isso para o Twitter dele e ele não reagiu. Quem deve, teme.

Um comentário:

M.V "Shogun" disse...

Se duvidar, nem mesmo ele sabe o que escreveu.