sexta-feira, 24 de setembro de 2010

NA BUSOLOGIA DIREITISTA, HÁ MAIS GENTE!!





A busologia de direita ainda mostra mais políticos comprometidos com o projeto tecnocrático de transporte coletivo, sempre agindo contra os interesses do povo e mais favoráveis aos interesses de grupos empresariais mais poderosos (embora tentem provar o contrário).

CÉSAR MAIA - Tentou a uniformização visual dos ônibus, no início dos anos 90. Foi comunista há muito, muito tempo, mas hoje está bem situado na direita e ainda tem filho mais reacionário ainda, Rodrigo Maia. Mas ambos são demotucanos de carteirinha do mesmo jeito.

LUIZ PAULO CONDE - Ligado a César Maia, ele tentou um projeto de "curitibanização" dos ônibus cariocas em 1998, o "Rio Bus", planejado pelos tecnocratas do COPPE da UFRJ. O projeto era tão antipopular - acabaria, por exemplo, com as linhas de ligação Zona Norte e Zona Sul, obrigando uma baldeação que não traria conforto para os passageiros, apesar da passagem única em várias delas - que os técnicos do COPPE foram chamados de INCOPPETENTES. O projeto não saiu do papel, mas os tecnocratas ainda reclamaram, arrogantes, achando que o projeto "era perfeito".

CIRO GOMES - Tucano enrustido, apesar de estar filiado ao PSB, é tão "esquerdista" quanto o Fernando Gabeira de hoje. Ou seja, seu espírito direitista não consegue enganar sequer os politicamente mais desavisados. Implantou o regime tecnocrático nos ônibus de Fortaleza, incluindo uniformização visual.

Ah, mas o pessoal busólogo nem deve saber, mas sabe quem é que também está no lado deles, tendo defendido a tecnocracia busóloga e a uniformização visual dos ônibus?

JOSÉ SERRA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Um comentário:

Don Juan disse...

Busologia de direita é aquela formada por destros e a de esquerda é formada por canhotos? E os ambidestros? Esquerdinha é sempre igual, fala besteira e vê pelo em casca de ovo!