segunda-feira, 6 de setembro de 2010

IMAGINEMOS O ENCONTRO DOS BLOGUEIROS NEOLIBERAIS



Imaginemos o Encontro dos Blogueiros Neoliberais, a ser realizado num grandioso hotel cinco estrelas de São Paulo. A organização estaria a cargo do hipotético braço cultural do Instituto Millenium, que chamamos de Instituto Tropicalium, e até entidades como o movimento Cansei e Blogs pela Democracia apoiariam a iniciativa.

Certamente, em vez de um jornalista tocando chorinho e samba, haveria o Casseta & Planeta com seus personagens musicais. Em vez de uma taxa de apenas R$ 100, haveria uma taxa de R$ 2.500, que poderá ser paga em até oito prestações de R$ 320 (ou seja, vão 60 reais de punição para quem não pagou à vista).

As palestras, seis em cada dia - exceto a sessão inaugural - , estão divididas em duas por cada turno.

Não há comida a quilo, mas um cardápio vip que os presentes terão que pagar para comer. Os preços das refeições variam de R$ 70 (café da manhã), R$ 110 (almoço) e R$ 150 (jantar).

No mais, é verificarmos como seria a agenda de eventos:

1º DIA: Inauguração do Encontro dos Blogueiros Neoliberais.
Mediador: William Waack. Palestrante: Otávio Frias Filho, com o tema "Blogs da grande imprensa: a democracia combate o inimigo usando suas armas".

Apresentação musical (som de playback): Grupo Casseta & Planeta através das seguintes atrações:

- Acarajette Lovve - axé-music;
- MC Ferrow & MC Deu Mal - "funk carioca";
- Sambabaca - sambrega;
- Cagoto Magoto - sambrega "universitário";
- Ricky & Martin - breganejo "universitário".

2º DIA: Palestras:

"MPB: a onda agora é a breglobalização", com Pedro Alexandre Sanches.
"Os Anos Dourados da Música Cafona", com Paulo César Araújo.
"Educação com batidão: diálogo com Marlboro e Rômulo Costa", com Gilberto Dimenstein.
"A autoesculhambação da Música Popular Brasileira", com Roberto Albergaria.
"O caipira brasileiro agora é um caubói americano", com Marco Aurélio Canônico.
"O novo mundo da cultura popular brasileira", com Hermano Vianna.

3º DIA: Palestras:

"Pagodização: dos males, o menor", com Arnaldo Jabor.
"Cheguei, estou no paraíso: É O Tchan volta turbinado com novas e mais dançarinas", com Milton Moura.
"A cafonice como elemento inerente da cultura popular", com Eugênio Arantes Raggi.
"A Amélia morreu! Viva a mulher-fruta!", com Rodrigo Faour.
"Todos nós somos cafonas", com William Waack.
"A periferia vai para a Avenida Paulista", com Otávio Frias Filho.

4º DIA: Palestras:

"A cultura brasileira mergulhou na banheira", com Gugu Liberato.
"Reality show: um fenômeno popular", com Pedro Bial.
"Meu nome não é Johnny, mas pode me chamar de Créu", com Guilherme Fiúza.
"A libertação feminina pelo 'rebolation'", com Bia Abramo.
"O 'mau gosto' é o novo bom gosto", com Nelson Motta.
"A cultura que o povo sabe fazer", com Reinaldo Azevedo.

2 comentários:

Marcelo Pereira disse...

Faltou a palestra de fausto Silve, com tema "Domingão e a cultura na TV".

O Kylocyclo disse...

Fausto Silva anunciou não ter condições de ir ao evento do Tropicalium, devido a compromissos pessoais. Note-se que ele está ainda cumprindo seu processo de emagrecimento, e também tem compromissos como celebridade.