quinta-feira, 8 de julho de 2010

OI FAZ PROPAGANDA ENGANOSA



No comercial de TV, a empresa de telefonia OI é uma beleza. Desbloqueio de chip de celular, maior saldo para ligações locais e de longa distância, nenhuma cobrança extra além das taxas normais cobradas. Sobra até alfinetadas às concorrentes, sem "dar nome aos bois".

No entanto, a empresa de telefonia tornou-se, nos bastidores, uma das grandes vilãs do setor. Paranóica por ter perdido quatro afiliadas de sua rede de rádios FM - sim, a OI é dona de uma rede de FMs até com uma programação simpática, reconheçamos - , reduzindo de onze para sete emissoras, a empresa de telefonia anda fazendo mecanismos estranhos para arrecadar mais dinheiro.

Primeiro, faz cobranças abusivas de ligações telefônicas. Como é que um minuto de ligação local, de bairro a bairro, pode custar no mínimo R$ 0,72?

Segundo, como é que, numa inocente sintonia, pelo celular, de uma emissora de rádio FM, até mesmo a própria OI FM, é acionada automaticamente uma ligação para o telefone residencial fixo do portador do celular, que, mesmo não atendida, de todo modo resulta no preço computado de pelo menos R$ 1,15?

Terceiro, como é que, mesmo sem realizar uma única ligação, às vezes o celular do portador computa do nada uma conta de R$ 0,72?

Por outro lado, meu celular deixou de funcionar porque fiquei um tempo sem fazer ligações. No final do ano passado, eu me dediquei a estudar para um concurso e fiquei sem usar celular.

Quando voltei a usar, meu telefone não fazia mais ligações, também não recebia ligações, tentava ligar para a OI falando do problema e, quando fui a um posto da empresa no centro de Niterói, fui informado que meu número ficou inutilizado e voltou para o mercado, para um outro celular à venda. Isso porque não fiz ligação alguma durante um mês, e também não realizei recarga, que custa, no mínimo, R$ 10.

Também não me incomodei muito com isso. Afinal, fui o primeiro da família a dar ADEUS para a OI. Estamos estudando a utilização de outra empresa de telefonia.

A OI faz propaganda enganosa. Vende a imagem de "simpática" nos comerciais de televisão, rádio, jornal e Internet, para depois cobrar por fora, desrespeitando os fregueses, além de não dar o serviço que preste (não raro, certas ligações possuem péssima qualidade de áudio).

Certamente, a OI deve pensar que seus fregueses são OTÁRIOS e IDIOTAS.

Nenhum comentário: