sexta-feira, 2 de julho de 2010

DEIXE A HOLANDA GANHAR, "SELEÇÃO"!!!!



De que adianta o Brasil obter vitórias no futebol se amarga derrotas em muitos pontos?

E os nossos mortos e desabrigados de Blumenau, Ilhota, Jaraguá do Sul e outras cidades catarinenses, nas terríveis chuvas de 2008 (que atingiram até minha querida Floripa onde nasci)?

E os nossos mortos e desabrigados da Baixada Fluminense e da minha querida Niterói (cidade onde me criei e onde moro atualmente) e outras cidades fluminenses, sobretudo no Morro do Bumba, nas terríveis chuvas de meses atrás?

E os nossos mortos e desabrigados das cidades de Alagoas e Pernambuco, nas chuvas de poucos dias atrás?

E as vítimas da violência, da opressão político-econômica, das injustiças que beneficiam mais quem é egoísta do que quem necessita de melhor qualidade de vida?

Esse Brasil batalhador, sofredor, está totalmente fora da copa de 2010. O "Brasil" que está jogando na copa é o Brasil da Rede Globo, das multinacionais, dos especuladores financeiros, da mídia brega-popularesca, dos dirigentes esportivos, dos barões da grande mídia.

Não, o Brasil nunca entrou em campo. O que entrou é a $ele$$ão brasileira. Não joguei na copa, nem você. E nem somos representados pela equipe brasileira.

Dunga, como técnico e jogador de futebol, não teve heroísmo algum. Mas ele teve seus méritos quando peitou a Rede Globo, porque desafiou uma das maiores responsáveis do circo ilusório do futebol, sobretudo quando a referida rede dos irmãos Marinho queria monopolizar as entrevistas exclusivas com a "seleção".

Mas de resto só temos é que nos solidarizar com os argentinos, que fizeram um site bem divertido, ALENTEMOS A BRASIL - http://www.alentemosabrasil.com.ar/ - , que pede que a "seleção" jogue mais lento e, de preferência, não faça mais gols.

Até a bandeira brasileira foi parodicamente alterada, com o losango rachado e uma das partes invertida para fazer o símbolo das duas setas para trás, que os gravadores de fita cassete indicavam voltar a fita para o começo, rodando para trás.

Neste caso, o símbolo sugere para a "seleção" regredir nas jogadas e "voltar para casa" o mais rápido possível (a "casa" não é necessariamente o Brasil, porque muitos jogadores atuam no exterior), desejo também manifesto no lema alterado "Ordem e Regresso" (escrito em português, apesar do sítio ser em espanhol).

Vamos derrubar o Brasil da Nike e da Rede Globo, torcendo pela vitória dos jogadores holandeses hoje. Para salvar o nosso tão sofrido país.

Nenhum comentário: