terça-feira, 29 de junho de 2010

SERGINHO GROISMAN COMPLETA 60 ANOS HOJE


Bom, adiantamos a comemoração dos 60 anos de Serginho Groisman dias atrás, mas é hoje a data do seu aniversário.

Em todo caso, não custa lembrar da natural jovialidade do apresentador do programa Altas Horas, da Rede Globo, que deve servir de uma grande aula para os cinquentões que hoje estão casados com mulheres mais jovens e que não observam sua humilhante obsessão por padrões ultrapassados de "amadurecimento".

Pois com tantas transformações sociais atingindo vários setores da vida humana, principalmente as profissões nas quais esses cinquentões se dedicam, é urgente que eles tenham que se repaginar totalmente, antes que suas esposas se enjoem deles.

O oftalmologista carioca Almir Ghiaroni, que iniciava sua carreira de romancista e apareceu até em programas de TV - eu o vi até no Programa do Jô - , desapareceu do mundo das celebridades quando este não dava mais espaço ao velho modelo granfino que o médico de 56 anos insiste em seguir. Pelo contrário, forçou a esposa Geórgia Worthman a se tornar uma madame granfina antes do tempo, e só no final deste ano ela fará 40 anos. O tom da sisudez do dr. Ghiaroni parece ter agravado numa de suas últimas aparições em Caras, quando ele posou com cara de poucos amigos em fotos dos bastidores de um show de Charles Aznavour.

O empresário, ex-tenista e diretor de elenco da Rede Record, Eduardo Menga, deveria aprender e também seguir a jovialidade dos seus filhos, mas prefere sucumbir a um espírito desanimado e limitar a um tipo de traje "casual" de 25 anos atrás, sem renovar o senso de humor, desleixando até na forma física dos seus 57 anos e se isolando na sua sisudez deprimente, enquanto sua jovem esposa Bianca Rinaldi capricha na beleza ensolarada e deslumbrante.

Roberto Justus, coitado, até tenta ter um grande senso de humor, mas insiste na mesmice dos trajes antiquados do terno sem gravata - que era moderno lá pelos idos de 1974-1975, quando o autor deste blog classificava os homens engravatados como vestidos em "traje de ministro" - ou das camisas abotoadas em tom grafite, o que faz com que o granfino publicitário, convertido em celebridade, tornasse um sujeito tão cafona quanto Fábio Jr., por exemplo.

Malcolm Montgomery tenta usar roupas joviais e até encara tênis, jeans e camiseta. Mas em eventos como a pré-estreia de um filme, ou o lançamento de uma novela da Record (onde trabalha sua esposa Carla Regina), Malcolm usa terno sem gravata e sapatos de verniz, no já velho estilo yuppie.

Todos eles nem chegaram aos 60 anos e, na obsessão em soar "maduros", tornam-se mais imaturos ainda. Empresários ou profissionais liberais, eles ignoram que as transformações que acontecem nos seus ambientes profissionais é apenas um reflexo das transformações gerais da humanidade, que atingem também a vida social.

Mal sabem esses cinquentões, que confundem espontaneidade e prazer com o rigor das normas de etiqueta e elegância, que Serginho Groisman esteve sempre à frente deles, e nem por isso o apresentador de Altas Horas deixa de amadurecer.

Sim, Serginho amadurece, envelhece e ele sabe bem disso. Mas envelhecer e amadurecer na vida não significa ficar brigado com o ser jovem que era antigamente, não é criar um contraste entre o que um homem era aos 22 anos e o que ele mesmo é depois dos 50.

Mal sabe boa parte dos homens que tantos prazeres supostamente tolos da juventude, na medida em que são abandonados, consistem na eliminação de meios de defesa, física e psicológica, contra as doenças, amarguras e pressões da vida.

Ser sisudo, entre os 35 e 60 anos, é muito fácil e cômodo, quando significa sucesso financeiro e prestígio social. Quando significa poder, liderança, experiência. Mas depois vem a aposentadoria e a sisudez tão associada à "elegância", "bom gosto" e "requinte" não será além do que sinônimo de tédio, depressão, tristeza, doença e morte.

Daí que a melhor idade tem que ser hoje, não dá para esperar sobreviver ao primeiro enfarte da velhice para buscar melhorias na qualidade de vida. De que adianta, por exemplo, desposar moças lindas e jovens, se a personalidade dos homens se torna irritantemente velha e ultrapassada?

Serginho Groisman está prevenido. Parabéns, saúde e longa vida a esse verdadeiro garoto de meia-idade.

Nenhum comentário: