quarta-feira, 23 de junho de 2010

O TRISTE DRAMA DAS CHUVAS EM ALAGOAS E PERNAMBUCO

Essa visão dramática, trágica, com tanta angústia e tanta dor que somente suas vítimas podem sentir com tamanha intensidade, mostra o quanto o Brasil deveria ver sua situação ambiental.

Essas fotos mostram um Nordeste e suas comunidades pobres que não correspondem à paradisíaca "disneylândia" da cafonice que etnocêntricos como Pedro Alexandre Sanches, Hermano Vianna, Milton Moura e quejandos narram das populações pobres.

Também essa tragédia não conta sequer nas músicas dos grupos de forró-brega e, se aparece na música "Firme e forte" do Psirico, é só para manter o povo na eterna imobilização social, sem lutas, sem ajuda senão do inimaginável acaso.

Pois as fotos que colhi da Internet mostram a dura realidade que nada tem a ver com o "mundo de sonhos e fantasia" da periferia idealizada pela intelectualidade etnocêntrica.

Deve-se pensar o povo como gente que precisa de ajuda, e não como bobos-alegres que gostam de viver sofrendo.








Um comentário:

Lucas Rocha disse...

Não bastasse essa tragédia ambiental nordestina, hoje de manhã morreu, em Campinas (SP), Dona Aracy Lima, mãe dos breganejos Chitãozinho & Xororó. Por favor, poste um tópico sobre a Sandy Leah Lima no blog DOCES MUSAS, com fotos dessa moça antes e depois de cortar o cabelo. Ela é muito mais bonita que as músicas dela, do pai e do tio.