quinta-feira, 3 de junho de 2010

MULHER MELÃO TERIA SE ENVOLVIDO COM CARA BRONCO


Que caras legais, que nada!! Gravidez como a que a Mulher Melão teve só tinha de vir de caras broncos.

Pelo jeito é mais uma funqueira que fecha seu próprio caminho para os caras legais. Depois da primeira Mulher Caviar ter um passado amoroso bastante trevoso, com um ciumentíssimo líder de um perigoso grupo de extermínio, agora é a vez de Renata Frisson, a Mulher Melão, mostrar que a última coisa que ela merece é namorar caras legais.

Recentemente, ela estava grávida, chegando a atingir quatro semanas. No entanto, ela sofreu aborto espontâneo e perdeu o bebê. O nome do possível pai da criança é um grande mistério, simplesmente não foi mencionado quem engravidou a dançarina.

Mas sabemos bem que, provavelmente, a dançarina engravidou por consequência de uma noitada que ela teve numa casa noturna. Afinal, não seria numa recatada noite de sábado, na casa de um nerd que ainda mora com os pais, temperada a biscoitos Mabel e Toddynho, que a Mulher Melão teria optado gerar um bebê. As musas popularescas se envolvem com qualquer cara, na curtição noturna, onde os instintos falam mais do que a razão.

Pensa que nós somos trouxas? Musas assim, ligadas ao grotesco, se envolvem mesmo é com caras broncos, na gandaia mais promíscua, e provavelmente razões contratuais fizeram simplesmente omitir o nome do "felizardo", porque o celibato é o mercado da fama dessas mulheres-frutas. Mas que o cara está longe de ser o tal "cara legal" que essas moças tanto falam, isso tem tudo para ser verdade.

Se essas mulheres são capazes de namorar tipos que vão do craque Adriano para baixo, para não dizer coisas piores, o celibato delas é muito perigoso. O que elas querem mesmo é namorar brutamontes, esse papo de "cara legal" não passa de conversa para boy dormir.

Ainda bem. Elas não fazem mesmo o tipo que os caras legais adorariam namorar. Além deles ficarem livres dessas verdadeiras "malas", eles não se expõem a ações vingativas dos antigos namorados dessas moças. É evitar o inútil, o desagradável e o trágico.

Nenhum comentário: