quarta-feira, 26 de maio de 2010

O GASTO ESTIMADO PARA FECHAR A AV. RIO BRANCO, NO RIO DE JANEIRO



O dinheiro previsto para ser investido no fechamento da Av. Rio Branco, no Rio de Janeiro, que se transformará num calcadão supostamente ecológico e destinado à indústria turística, será de R$ 300 milhões, de acordo com as expectativas do prefeito carioca Eduardo Paes.

A grana daria para investir em uma parte da desfavelização da enorme região da Penha e de Bonsucesso, na rota entre o Galeão e o centro do Rio. Trezentos milhões, neste caso, é pouco, mas daria uma boa ajuda para reduzir o lamentável retrato suburbano que os turistas estrangeiros inevitavelmente observam quando vão do Galeão ao Centro.

Mas Eduardo Paes acha que capital de Primeiro Mundo se faz com praças e calçadões megalomaníacos, de transporte "futurista" com ônibus que não passam de arremedos de trem e fardados (note a herança da ditadura) conforme o trajeto ou o tipo de serviço.

Sem falar que, se a moda do fechamento da Av. Rio Branco pegar, veremos a Avenida Paulista, em São Paulo, ser também transformada em calçadão, complicando os motoristas.

Vá entender...

Nenhum comentário: