quinta-feira, 8 de abril de 2010

NITERÓI FOI MAIOR CASTIGADA PELAS CHUVAS NO RJ



Infelizmente, tinha que acontecer. E olha que os últimos anos de trovoadas, que em Niterói se concentravam sobretudo entre as áreas de Santa Rosa, Cubango e Caramujo, davam um aviso do socorro que as autoridades deveriam ter feito, salvando o degradado meio ambiente desses lugares.

A tempestade que caiu no Grande Rio castigou várias cidades. Niterói foi a pior delas, com mais de 80 mortos só até o fim da tarde de ontem. Além disso, na madrugada de ontem para hoje ainda houve outro terrível deslizamento, no Morro do Bumba, entre os bairros de Cubango e Viçoso Jardim, que atingiu mais de 50 casas. Felizmente, um amigo meu já havia saído bem antes do bairro. Salvou sua vida.

É um grande problema na Grande Niterói a favelização crescente, que degrada as áreas verdes dos morros, influindo até mesmo no clima. Nunca houve, nos últimos anos, um projeto de urbanização e inclusão imobiliária efetivos, expressivos e eficazes.

Realmente é uma decepção do prefeito Jorge Roberto Silveira, porque não teve iniciativa, nesta e nas suas gestões anteriores, de prevenir a tragédia. Hoje, não adianta dar entrevista em prantos, se nada fez para evitar tamanha tragédia, que tanta dor causa para os que ficaram e perderam seus entes.

Era preciso fazer alguma coisa para que Niterói pudesse de fato e na prática exercer o título de uma das maiores cidades em Índice de Desenvolvimento Humano.

Nenhum comentário: