quinta-feira, 8 de abril de 2010

CONGRESSO EMPURRA PROJETO FICHA LIMPA COM A BARRIGA



O congresso nacional - tenho que colocar esse nome em minúsculas - adiou a votação do projeto Ficha Limpa, de combate à corrupção eleitoral, apesar das milhares de assinaturas.

Enquanto isso, os parlamentares mantém em tramitação a chamada Lei Maluf - de autoria dele mesmo, o arquicorrupto Paulo Maluf - , que responsabiliza pessoalmente, com previsão de pagamento de indenização, o membro do Ministério Público que supostamente agir de forma política ou de má-fé. É evidente que Maluf legisla em causa própria, já que há tempos é processado por corrupção, sobretudo pelo Ministério Público.

Isso mostra o grande descaso dos membros do Poder Legislativo com o povo, salvo pequeninas exceções. Mas nem por isso se deve defender o fechamento do Congresso Nacional, como pregam alguns pseudo-rebeldes de plantão. Afinal, de que adianta fechar o Congresso e votar sempre nos mesmos corruptos? O Poder Legislativo, como instituição, é excelente, o problema são os homens que trabalham nesta esfera do poder.

Mas que o adiamento da votação do projeto Ficha Limpa nos envergonha, isso é verdade. Tudo para não punir os corruptos, pelo menos até as próximas eleições.

Nenhum comentário: