quarta-feira, 3 de março de 2010

WALDICK SORIANO DEFENDEU A DITADURA MILITAR


Paulo César Araújo, definitivamente, sua tese rolou ladeira abaixo. Os ídolos bregas, tidos como "perseguidos" pela ditadura militar, na verdade viveram muito bem sob o regime dos generais, do contrário que tentou pregar o historiador no livro Eu Não Sou Cachorro Não. Prova disso é a postura de Waldick Soriano, já falecido, em relação à ditadura.

Em entrevista à jornalista Marília Gabriela, no programa TV Mulher, o cantor Waldick Soriano fez defesa aberta ao regime militar. Sobre a crise da ditadura militar, Waldick afirmou que, se o Brasil fosse governado por um civil, ficaria pior ainda.

Não é surpresa alguma o perfil conservador de Waldick Soriano. Até machista ele era. No entanto, a pregação idealista de Paulo César Araújo, que tentou dar ao cantor a suposta imagem de um cantor de protesto, e de Patrícia Pillar, fazendo um documentário "revisionista" sobre o cantor, forjaram uma "visão oficial" de Waldick Soriano que dá aos jovens a falsa impressão de que ele era revolucionário e vanguardista.

Waldick Soriano, além disso, sempre afirmou que foi bem tratado pelos militares. O mito de que sua música apavorava os generais foi bem construído por PC Araújo, mas os breves anos de fama do autor do livro Eu Não Sou Cachorro Não podem ter seduzido, anos atrás, as antigas gerações de blogueiros, mais acomodadas e alienadas que a atual turma com potencial senso crítico. Mas não conseguiu reabilitar os ídolos cafonas. Senão, Odair José estaria fazendo turnê em tudo quanto é lugar, aparecendo até mesmo no Planta Atlântida e no Festival de Verão Salvador.

Infelizmente, o link do vídeo, presente na lista do Google, foi removido, não se sabe por que razão, do acervo da Globo Vídeos. Será que pesou o lobby de Paulo César Araújo e, sobretudo, da global Patrícia Pillar?

Se algum samaritano tiver a entrevista de Waldick no TV Mulher, ponha no You Tube e não tema a cara feia dos tietes de Paulo César Araújo e seus ídolos musicais.

2 comentários:

Lucas Rocha disse...

Veja o seguinte vídeo do breganejo Leonardo cantando um medley de músicas de Waldick Soriano no programa dominical da Eliana Michaelichen: http://www.youtube.com/watch?v=n9K8gSQiJmc
Esse vídeo mostra que o sobrevivente da dupla Leandro & Leonardo é um verdadeiro filho musical do falecido WS.

Marcelo Pereira disse...

Pode ser que PC Araújo, que não foi para o Fórum do PiG poque não quis (é rico e tem afinidade ideológica com os participantes do evento), tenha mandado tirar, para evitar que verdades venham à tona e estraguem suas teorias conspiratórias sobre o brega.