quarta-feira, 24 de março de 2010

RIVAL DA IURD LANÇA COLETÂNEA DE RÉGIS DANESE



Coisa de louco. Ninguém prestou atenção a essa situação que contaremos a seguir.

Régis Danese, um cantor evangélico de muito sucesso nas rádios do país, é contratado pela Line Records, gravadora religiosa ligada à Igreja Universal do Reino de Deus, do "bispo" Edir Macedo.

Mas sua coletânea é lançada pela Som Livre, que lançou outros títulos da Line Records em outras coletâneas.

Só que a Som Livre é propriedade das Organizações Globo, que, sabemos muito bem, é arquiinimiga da Igreja Universal do Reino de Deus, a ponto da Rede Globo e do jornal O Globo trocarem acusações com a Record e IURD por meio de "reportagens investigativas" dos dois lados.

Não bastasse ser curioso que ex-jornalistas da Rede Globo, como Celso Freitas e Lúcio Sturm, hoje fazerem reportagens em defesa da IURD, combatida pelos antigos patrões.

Vá alguém entender uma coisa dessas.

2 comentários:

Marcelo Delfino disse...

E ainda tem o Paulo Henrique Amorim, ex-global e ex-membro do Partido da Imprensa Governista (quando os tucanos estavam no poder) e agora está na Record e no novo Partido da Imprensa Governista da Era Lula.

Leonardo Ivo disse...

Se voce não sabe, MArcelo Crivela escreveu no O Globo do dia 17 de março em defesa dos Royalties do Rio naquela parte escrita por colunistas como Joa Ubaldo Ribeiro.