terça-feira, 9 de março de 2010

REDE GLOBO SE EMPENHA CONTRA A MPB



Por que será que a Rede Globo faz tanto evento "cultural" com "música brasileira"? A maior corporação do Partido da Imprensa Golpista, uma das sócias majoritárias do Instituto Millenium, símbolo da mais reacionária mídia do país, é a mesma que patrocina o "inocente" Brazilian Day, e os "inocentes" eventos comemorativos em São Paulo e os eventos "cidadãos" no Piscinão de Ramos, na Cidade de Deus e até na Baixada Fluminense.

Tudo para empurrar breganejos, sambregas, funqueiros, axézeiros, entre tantas porcarias que querem porque querem se apropriar do nome "Música Popular Brasileira" e que nossos leitores sabem se tratar da música brega-popularesca, a Música de Cabresto Brasileira.

Até pouco tempo atrás, ainda havia espaço para os medalhões da MPB autêntica. Mas hoje a degradação é mais explícita, e esse golpismo cultural, ainda subestimado pelos críticos da grande mídia, já gera efeitos nocivos, transformando a cultura brasileira num fóssil mumificado.

Alguém ainda acredita que a hegemonia popularesca nada tem a ver com mídia golpista e que apenas é a cultura popular que está sendo valorizada e divulgada pela mídia? Se ainda há gente assim, quanta ingenuidade...

2 comentários:

Marcelo Delfino disse...

Na Globo, MPB autêntica só tem direito a eventuais espaços nas trilhas das novelas (taí a novela Viver a Vida, como bom exemplo) e em especiais levados ao ar depois do Jornal da Globo, quando o povo já está é dormindo.

Marcelo Pereira disse...

Como diria Cazuza: "transformam o país inteiro num puteiro... porque assim se ganha mais dinheiroooo..."