sexta-feira, 12 de março de 2010

NANA GOUVEIA FAZ A ALEGRIA DOS MACHISTAS



Veja só o que é a mulher que, mesmo com 35 anos, insiste em trabalhar a imagem de "mulher-mercadoria" imposta pela mídia.

Com base nos rumores de que o "imperador" Adriano teria mandado traficantes amarrarem sua noiva numa árvore, a boazuda de plantão Nana Gouveia, queridinha do portal Ego, posou para uma sessão de fotos amarrada numa árvore.

E o que Nana declarou sobre o episódio dá a crer é estarrecedor: "Mas não me recusaria, se meu namorado pedisse com jeitinho. Pode me amarrar, mas com carinho". Consta-se, no entanto, que ela ainda não arrumou um novo namorado. E afirmou que espera um cara legal.

Como é que ela vai querer um cara legal, que certamente é anti-machista, se ela praticamente disse que pagaria pau por um machista, desde que ele "pedisse com jeitinho". Fico até desconfiado do "cara legal" que Nana Gouveia e outras como Priscila Pires e Renata Frisson querem: não passa de um cara que simplesmente não sinta ciúmes quando elas cometerem suas baixarias "sensuais".

E, a julgar por essa atitude, Nana Gouveia não iria namorar um nerd com mais de 25 anos, que ainda mora com os pais, que fica em casa sábados à noite, que lê livros de Darcy Ribeiro e gosta de rock alternativo. O que ela sugere querer é um meio-termo, um pitboy com gentilezas de príncipe nórdico.

Certamente eu - que no momento ouço algumas músicas do grupo punk inglês Vibrators (de Pat Collier, produtor de bandas legais dos anos 80-90) - não iria namorar moças assim, por mais bonitas que fossem. A mulher que eu quero tem que ser boa para conversar, trocar ideias, experiências, e não fazer nem apreciar baixarias nem ter referenciais cafonas.

Nenhum comentário: