quinta-feira, 25 de março de 2010

LEILA DINIZ FARIA 65 ANOS



Hoje é a lembrança dos 65 anos de nascimento de Leila Diniz. Atriz niteroiense, não foi exatamente uma militante feminista nem uma alienada. Ela era uma mulher moderna, em seu tempo, talvez moderna até hoje, num país de muitas marias-coitadas.

Leila foi mal compreendida em seu tempo. Não falava palavrão por falar. Falava quando ela achava necessário, e mesmo assim com um jeito peculiarmente feminino. Era inteligente, graciosa, sexy, lindíssima, tinha um corpão maravilhoso. Era atriz talentosa, e expressava bem o espírito de liberdade dos anos 60.

Mas ela se foi muito cedo, pois teve o azar de pegar um avião às pressas de ver a filha Janaína, que explodiu ainda em voo, em 14 de junho de 1972. Não pôde rever a filha, que hoje trabalha com cinema. E ficamos sem uma das musas que, embora polêmica, era adorável. Leila pode ter sido enérgica, mas, no fundo, ela era também uma doçura.

Hoje, provavelmente, ela seria uma idosa bem bonita e muito atraente.

Nenhum comentário: