domingo, 21 de março de 2010

AINDA SOBRE A "ROSA" DO COMERCIAL DA FORD


Isso é muito, muito grave.

Uma atriz, talentosa, batalhadora, que quer ser reconhecida pelo seu trabalho, pela sua luta do dia-a-dia, mas não pode. Continua sendo uma anônima por mais que tente divulgar seu trabalho, fazer atividades novas, dinâmicas. Por mais que seja um alguém na vida, uma admirável batalhadora, além de uma mulher classuda e bela, com opinião própria, com muita coisa a fazer e a nos dizer.

Já as ex-BBBs, que não fazem coisa alguma, têm seus nomes até gravados nos 'cookies' próprios do Google, são fáceis de buscar na Internet, possuem um nome, um sobrenome célebre, aparecem a toda hora na TV, participam de tudo quanto é programa, mas só fazem coisas nulas. Aparecem toda semana no Ego, indo a noitadas, noitadas, noitadas, com direito à "façanha" de encontrar outros ex-BBBs na boate, com a imprensa soltando fogos diante desse encontro "revolucionário".

Pois é, uma Priscila Pires da vida é muito mais famosa, tem muito mais fotos na Internet e é muito mais badalada e reconhecida do que a pobre "Rosa" do comercial da Ford.

No entanto, sabemos bem que a última coisa que a "Rosa" do comercial da Ford diria, nesta situação, é "tudo bem". Isso ela não diria mesmo.

Nenhum comentário: