sábado, 16 de janeiro de 2010

Lúcia Hippolito de pileque?


Durante o programa de Roberto Nonato - um dos jornalistas que sente alergia violenta de rádio AM - , a comentarista Lúcia Hippolito - conhecida por aparecer no telecomercial da CBN dando "comício" no Vale do Anhangabaú (SP capital) - , convidada para comentar alguns pontos do Plano Nacional de Direitos Humanos, referentes ao anteprojeto da Comissão da Verdade, saiu de sua postura habitual e, gaguejando, mal conseguia expor sua opinião para Roberto Nonato, e, não bastasse isso, ela, em vez de chamá-lo de Nonato, chamou-o de Lolito mais de uma vez.

Muita gente comentou se Lúcia estava embriagada durante o comentário, mas há quem diga, também, que ela estava nervosa diante do PNDH, que também prevê restrições aos abusos cometidos pela grande mídia, postura combatida pela CBN, por razões óbvias.

Aqui está o texto e, mais abaixo, o áudio para conferir. E dar boas risadas de um desses grandes momentos do jornalismo "sério".

Nonato: Oi, Lucia Hippolito, boa noite!
Lucia: Boa noite, Nonato. Boa noite, ouvintes da CBN.
Nonato: Ô, Lucia... O presidente Lula assinou o decreto que cria o grupo para elaborar o anteprojeto da Comissão da Verdade, sobre violações de direitos no regime militar. E, para tentar resolver aquela crise entre os ministros da Defesa e dos Direitos Humanos, o texto não usa a apalavra "repressão", Lucia. É uma tentativa de apagar o incêndio entre os ministros, né?

Lucia: Olha, Lolito. Eu... eu... eu, particularmente, acho uma coisa muito complicada. Acho que o presidente... cometeu um... um erro político... no sentido de cooo... de cometer um... um mooonte de... de... de... erros.... De... de... de criar um monte de empresas..., um monte de brigas nesse problema. Agora, eu acho o seguinte: desse ponto de vista exclusivo... das... das... ele num... das, das... dos direitos humanos, do ponto de vista dos direitos humanos... eu vou dizer uma coisa para você... é...

Nonato: Ô, Lucia... A gente vai tentar refazer o contato para voltar daqui a pouco em melhores condições.

Lucia: Éééé... esse... o telefone tá piscando... tá... ele tá cortando a linha... (desligam o som).

Nonato: Tá, ok. Só um instantinho por favor. Seis horas e trinta e oito minutos, daqui a pouco a gente volta.


Nenhum comentário: