terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Leonardo Prudente é afastado da presidência da Câmara do DF


O juiz Álvaro Luis Ciarlini, da 2ª Vara da Fazenda Pública do Distrito Federal, determinou ontem o afastamento de Leonardo Prudente (ex-DEM, hoje sem partido) da presidência da Câmara Legislativa de Brasília.

Leonardo Prudente era o deputado visto num vídeo colocando dinheiro nas meias, e estava envolvido no esquema mensaleiro do governador José Roberto Arruda.

Prudente havia sido afastado do cargo, mas retornou à casa alegando que não havia motivo do afastamento.

O advogado que pediu o afastamento de Prudente, Evilázio Santos, pediu também o afastamento de José Roberto Arruda do governo distrital.

Nenhum comentário: