terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Inquérito? José Roberto Arruda será "investigado" por amiguinhos


JOSÉ ROBERTO ARRUDA, GOVERNADOR DO DF, ESTÁ FELIZ DA VIDA: JÁ ESTÁ SENTINDO O CHEIRINHO DE PIZZA QUENTE QUE ELE IRÁ COMER COM SEUS AMIGOS, JUNTO A UM RODÍZIO COM PANETONE.

Brasil, o tão sofrido país, aturando a impunidade daqueles que cometem graves erros. A corrupção triunfante, que depois chega a seduzir até mesmo parte da sociedade que a condenava, e que já havia colocado José Roberto Arruda, corrupto carreirista, para o governo do Distrito Federal.

Pois ele continuou na corrupção e criou seu próprio esquema do "mensalão". E, pior, ele agora será investigado pela Câmara Legislativa de Brasília por uma comissão composta por seus próprios aliados. E mais, o presidente da Câmara Legislativa é ninguém menos que Leonardo Prudente (que não honra o seu sobrenome), que havia sido afastado do cargo mas reassumiu, achando que "não havia motivos" para o afastamento. Leonardo Prudente é conhecido por ter enfiado dinheiro na meia, em uma cena gravada por uma câmera do esquema mensaleiro. Em outra cena, outros corruptos faziam oração agradecendo pelo dinheiro adquirido. Caras-de-pau.

Enquanto isso, funcionários do governo eram obrigados a se manifestarem a favor de Arruda, sob ameaças de exoneramento. Um funcionário que se recusou a ir ao movimento pelo governador, foi exonerado.



E a polícia, com truculência, retirou os manifestantes que protestavam contra a impunidade da corrupção.

Nenhum comentário: