terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Blogueiro iluminado contesta validade do "funk"


SEM ESCRÚPULOS - "Funk carioca" é empurrado para público infantil no bairro carioca da Cidade de Deus. Sem medo de mostrar glúteos enormes sacolejando na cara das crianças.

O blogueiro Zé, do CAOS TV, escreveu uma mensagem contestando a propaganda do duvidoso blog Observatório da Indústria Cultural ao "funk carioca".



O "OICult" até engana no seu nome, visual e postura. Se autoproclama um "Observatório", como se tivesse uma visão crítica da cultura brasileira. Seu logotipo lembra aquela arte psicodélica brasileira do início dos anos 70. E a postura é auto-proclamada de esquerda.

Pois a defesa entusiasmada ao "funk carioca" tira o sentido do blog, que certamente mancha o tal "observatório", que poderia falar de coisas realmente interessantes - quantos malditos da MPB precisam de algum espaço na mídia, enquanto os supostos injustiçados, do Waldick Soriano, Odair José e Benito di Paula aos funqueiros atuais, vivem um verdadeiro clima de oba-oba na mídia? - , em vez dessa porcaria toda.

Afinal, o blog não é um observatório porque não observa, apenas faz propaganda. Só vê o mundo das aparências mas é incapaz de questioná-lo, como fazem os verdadeiros observatórios. Também não é um site sobre cultura, porque o "funk" não é vanguarda, é a retaguarda da cultura brasileira, é a brutalidade troglodita trabalhada pelos sintetizadores dos empresários-DJs (ou DJs-empresários, a ordem dos fatores não altera o produto).

Além disso, não é um blog de esquerda porque o "funk" cresceu pelas mãos da direita corrompida brasileira, o "funk" cresceu nas mãos de Collor e seus aliados fluminenses, e recebeu empurrão na mídia mais fisiológica e tendenciosa do país, sobretudo as ORGANIZAÇÕES GLOBO, cujo apoio ao ritmo salta aos olhos de tão evidente. E só falta Mr. Catra aparecer nas Ilhas Caras abraçado aos irmãos Marinho, com tanto apoio que o funqueiro e todo o restante do ritmo recebe da mídia "global".

Segue o comentário de Zé, que é de uma absoluta sensatez:

"O QUE É UMA PUBLICAÇÃO DE ESQUERDA??
JÁ EU, NÃO ACHO QUE O FUNK SEJA DISCRIMINADO.
PELO CONTRÁRIO. TOCA FUNCK EM TODA ESQUINA. TODO MUNDO GOSTA. DISCRIMINADO COMO??
DISCRIMINADA É UMA OUTRA CULTURA. UMA QUE NÃO ESTÁ OFERECIDA EM LUGAR NENHUM, QUE NÃO SE ENCONTRA FACILMENTE, QUE CUSTA UMA GRANA PRETA TER ACESSO.
ACONTECE QUE O FUNK É QUASE UMA ANTIMÚSICA E QUEM NÃO FAZ PARTE DAQUELE UNIVERSO ACHA INSUPORTÁVEL.
INSUPORTÁVEL MESMO. E ISSO NÃO É DISCRIMINAÇÃO.
DISCRIMINAR É IMPEDIR QUE AQUILO SEJA DIVULGADO, CONHECIDO, DIREGIDO.
O FUNK, AO CONTRÁRIO, É EMPURRADO GOELA ABAIXO."

Nenhum comentário: