sexta-feira, 28 de agosto de 2009

JESSICA LUCAS


Falando em negritude (citei o post sobre o festival Back 2 Black), é bom que todos vejam essa beldade estonteante, chamada Jessica Lucas. Curiosamente, a atriz é canadense, e é uma das negras mais lindas de sua geração. Totalmente encantadora, graciosa, com um corpo formoso e lindo.

Eu vi essa atriz quando assisti ao seriado Life as We Know It e já fiquei impressionado com a beleza e com a doçura da atriz. Agora, ela está escalada para a nova edição do seriado Melrose e, prestes a fazer 24 anos no próximo mês, está cada vez mais bela. Se deixarmos, Jessica Lucas pode virar a equivalente negra da Natalie Portman. Beleza, talento e charme não falta para isso.

MARCELO DELFINO COMENTA SOBRE SISTEMA GLOBO DE RÁDIO


Lendo o blog de meu irmão, Planeta Laranja, no texto sobre Belchior, o nosso amigo Marcelo Delfino, do blog Brasil País de Tolos, se lembrou do fato de que o cantor cearense é discriminado pela mídia, já desaparecendo das rádios bem antes do sumiço tão falado ultimamente, e escreveu a seguinte mensagem, lembrando da culpa que o Sistema Globo de Rádio, que não investe mais em rádios de música adulta, pela falta de espaço à MPB autêntica, enquanto oferece espaço de sobra para a Música de Cabresto Brasileira:



"Assistindo a referida matéria da TV, dei risada quando a reportagem se referiu à insatisfação que Belchior tinha (ou ainda tem) com a falta de divulgação de sua carreira e de sua obra. Porque as Organizações Globo são responsáveis número 1 pela falta de divulgação. Transformaram a Globo FM RJ em CBN, a Globo FM SP em X FM e depois CBN... E a própria TV prefere divulgar os breganejos, os pagodeiros, os axezeiros, os funqueiros, os padres que cantam (???) e as popices gringas, de Michael Jackson a High School Musical."

BELCHIOR FOI VISTO AO LADO DE SARNEY


Sei que não é o músico adequado para aparecer ao lado de José Sarney - Chitãozinho & Xororó, Alexandre Pires, Wando ou mesmo Bell Marques e DJ Marlboro é que deveriam aparecer para agradecer ao senador por todo o sucesso que o maranhense, na condição de Presidente da República, garantiu a eles através da farra de concessão de rádios e TVs - , mas Belchior, de uma forma ou de outra, estava presente num evento relativo à Ordem dos Advogados do Brasil, seção Rio Grande do Sul (OAB-RS), que também contou com a presença do célebre senador "fisiológico".

O evento aconteceu em fevereiro último, embora Belchior já não estivesse mantendo contato com familiares desde 2007.

Segundo um amigo do cantor, Belchior está desaparecido por causa de dívidas pessoais.

GAROTAS DO ALCEU


Eu imagino que belo filme Hollywood faria se adaptasse as histórias brasileiras das Garotas do Alceu Penna, que fizeram muito sucesso nas páginas de O Cruzeiro, num filme de longa-metragem. Imagine se víssemos a Natalie Portman, Jessica Lucas, Lacey Chabert, Emma Watson e Alexis Bledel, por exemplo, juntinhas, falando de situações interessantes, de um jeito aparentemente ingênuo mas de uma discreta mas significativa inteligência.

Muita gente pode achar piegas as histórias das Garotas do Alceu - série denominada apenas "Garôtas", com o "chapéuzinho" no "o" - , mas eu, quando lia as edições de O Cruzeiro na biblioteca (escolhia geralmente as edições dos anos 50 e 60), não via essa pieguice. É claro que, num Brasil com funkeiras arrogantes, axezeiras duronas e solteiras fãs de breganejo tolas e medrosas (têm medo de arrumar o vaqueiro que elas tanto sonham para namorar), as Garotas do Alceu parecem fora do tempo. Posso dizer que o problema não são os bons valores do passado soarem antiquados ao Brasil de hoje, mas é o Brasil de hoje que está surdo a esses valores.

As Garotas do Alceu, pelo que li, pareciam falar de situações banais, de madames indo ao hipódromo da Gávea, de homens atraentes cujo valor para namoro as garotas comentam umas às outras, de festas a serem realizadas no próximo fim de semana, e por aí vai. Mas, no íntimo de tudo isso, havia inteligência, além do comportamento arrojado das garotas (que hoje soa bastante normal, embora pouco influente no universo popularesco das boazudas e das solteironas medrosas). É uma inteligência na dose ideal de uma mulher, combinando graciosidade, doçura e um pouco de sabedoria.

A seção "Garôtas" surgiu em 05 de abril de 1938. Durou 26 anos. Os desenhos eram feitos pelo desenhista de moda Alceu Penna (1933-1980) e a seção teve vários colaboradores: o próprio Alceu Penna, Accioly Netto (que usava o pseudônimo Lyto), Millôr Fernandes (Emmanuel Vão Gôgo), Edgar Alencar (pseudônimo A.Ladino) e Maria Luiza Castello Branco. A fase de "Garôtas" que eu li muito tinham textos de Maria Luiza (que assinava apenas com estes dois nomes).

Se alguma das Garotas do Alceu se transformasse em carne e osso e viesse para mim a me pedir em namoro, eu diria "sim" todo feliz da vida.

LETÍCIA SABATELLA


A novela Caminho das Índias, da Rede Globo, tem uma personagem vilã que é de suspirar.

E sua intérprete, a atriz Letícia Sabatella, tem uma beleza suavemente sensual e extremamente encantadora, além de uma doce voz de menina e uma inteligência peculiar, já que atua como militante política e se envolve com eventos culturais relevantes. É, portanto, uma mulher sofisticada, como poucas que existem no Brasil.

FESTIVAL BACK 2 BLACK ACONTECE NO RIO DE JANEIRO


Os negros não foram os primeiros que povoaram o Brasil, e, quando povoaram, foi pela infeliz situação de escravos, que felizmente parece ter se superado praticamente. Mesmo assim, a pobreza que muitos negros vivem no país é um dos sérios problemas cujas soluções existem mas as autoridades não têm a menor coragem para resolver (melhorar a Educação, por exemplo, um tema controverso e visto de forma "infantil" até pela mídia gorda).

Mas eventos como o Back 2 Black podem ajudar a debater muitas questões, além de mostrar talentos relacionados direta ou indiretamente à cultura africana. Bob Geldof, irlandês que esteve por trás do Live Aid (evento beneficente destinado aos miseráveis da Etiópia), está entre os debatedores, assim como o rapper brasileiro MV Bill. Gilberto Gil, Youssou N'Dour, Dona Ivone Lara e Mart'nália estão entre as atrações musicais. Culturalmente, o evento poderia muito bem dialogar, em proposta, com o PercPan, festival de música percussiva que acontece há anos em Salvador e que tem Gilberto Gil como co-organizador, junto ao pernambucano Naná Vasconcelos.

NOEL GALLAGHER ANUNCIA SAÍDA DO OASIS


O guitarrista, principal compositor e segundo vocalista do Oasis, Noel Gallagher, anunciou hoje que está deixando a banda surgida em Manchester, há mais de quinze anos.

Segundo Noel, que deixa a banda com "alguma tristeza e grande alívio", o motivo é a dificuldade de trabalhar com o irmão, o vocalista Liam Gallagher, com quem as brigas são constantes e famosas.

Liam Gallagher é famoso por sua arrogância extrema, mas nada comparável ao que vemos aqui, com nomes como DJ Marlboro e Zezé Di Camargo & Luciano, além de Bell Marques e aquela cantora que não podemos dizer o nome, porque também seus fanáticos estão com a arrogância na estratosfera.

Todos estes, do planeta Brega, são bem mais arrogantes que Liam Gallagher, só lidam a arrogância com simpatia. Afinal, o arrogante só fica visado quando age com mau humor. Arrogante que lhe dá um abraço e lhe acolhe com sorrisos, por mais arrogante que seja, não é assim considerado.

Mas Liam tem um temperamento difícil, assim como o próprio Noel (que nesta semana foi incluído na lista de "metidos" do programa Top Top, da MTV, apresentado por Léo Madeira e Marina Person), e as desavenças entre os dois fizeram Noel desistir de liderar a banda, já que ele era o compositor principal e se considerava o "cérebro" do grupo.

A saída de Noel do Oasis - que na sua formação mais recente conta com o baixista Andy Bell, que em outros tempos foi um dos cantores e guitarristas do Ride - pode significar, em breve, o fim do grupo que marcou o rock pós-grunge dos anos 90.