terça-feira, 21 de julho de 2009

Folga



Pois é, meu pequeno computador será em breve formatado e, por isso, ficarei uns dias ausente deste blog. Serão alguns dias de folga.

Boa sorte a todos!! Abraços.

NÃO LIGA, NÃO, MARIA RITA


Não liga, não, Maria Rita, para os comentários caluniosos contra você.
Você não é Maria Irrita. Você é tranquila. Você é linda.
Você é uma simpatia, é meiga, doce, graciosa.
Você é muito linda, você é benvinda.

Você é talentosa no que faz,
Você não teve qualquer pretensão,
Você simplesmente veio para cantar,
Tomou gosto pela coisa,
Foi por sua vocação.

Muitos falam mal de você
Porque você é filha de outra cantora,
Porque você desbanca outras cantoras
De um sucesso bem maior que você,
Mas sem o talento natural
Que você pôde desenvolver.

E você nem odeia essas outras cantoras,
Você fica na sua, elas na delas,
Você apenas faz o seu trabalho,
Deixando suas marcas belas.

Os verdadeiros invejosos
É que, na defesa dessas outras cantoras,
Atacam você e o que você faz,
Não aguentam ver seu belo rosto no palco,
Lhe maltratam demais.

Mas você se sobressai
Sem ódios, rancores ou ressentimentos,
Você leva seu caminho pela frente,
Sua humidade vai se sobressair,
E você brilhará naturalmente.

Você é linda, é maravilhosa,
Você, Maria Rita Mariano,
Aprendeu boas lições musicais,
Você provou que sabe fazer,
E provará aos outros,
Que fará de melhor muito mais.

Muitas felicidades, Maria Rita,
Bela e fera da nova MPB.

INVEJA



Os medíocres chamam os outros de invejosos para manter seus privilégios.

Usam de todo seu reacionarismo para censurar o senso crítico dos outros.

Os medíocres sentem inveja de quem realmente faz,

Os medíocres mentem e transferem suas próprias "qualidades" nos outros.

Invejosos, acusam os outros de sentirem inveja.

Reacionários, acusam os outros de reacionarismo.


Hipócritas, acusam os outros de hipocrisia.

Autoritários, se dizem democráticos, e para reprimir o direito de benefício dos outros, alegam que só querem ter direito a seus benefícios.

Direitistas ao extremo, vestem o capuz vermelho da pseudo-esquerda, para difarçar no máximo o seu reacionarismo.

Partem para frases e palavras chulas, sem a menor inteligência, cantando vitórias falsas para políticos fisiológicos, cantores de axé-music, breganejo e "funk", ou para pessoas fúteis em geral.

Por trás desses medíocres invejosos, há gente que enriquece por trás, que detém o poder, conquistado com muito beija-mão, e que não quer perder seu privilégio.

São pessoas assim que fizeram ser instituído o AI-5, triste instrumento de censura, que custou muitas vidas. São pessoas assim que servem ao imperialismo, ao coronelismo, ao poder da mídia grande, aos grandes grupos econômicos. Servem diretamente, como colaboradores, ou indiretamente, como a claque a aplaudir os tiranos, os tótens da alienação, da dominação sobre o povo.

Mas um dia essa inveja se volta para o invejoso, como num efeito bumerangue. Não haverá, para ele, vitória. Sua inveja enrustida - inveja que ele prefere atribuir aos outros que não pensam como ele - esboça sua derrota, pois o nervosismo é claro.

Deus faça com que esse invejoso tenha humildade, sinta tristeza ao invés do ódio. Que ele tenha tempo de reconhecer que nem todos pensam como ele, e que, se ele gosta da mediocridade dominante na nossa mídia, que ele curta sozinho ou com seus amigos. E que, quando essa mediocridade for criticada, que ele prefira ficar em silêncio, porque os melhores fãs são aqueles que se preocupam em curtir os seus ídolos, ao invés de atacar quem não gosta dele.

REACIONÁRIO INVEJOSO ESPINAFRA MPB E ATACA O KYLOCYCLO


A bela cantora Maria Rita Mariano, filha de Elis Regina, admitiu que não é exatamente uma sambista, daí serem injustas os ataques a seu disco mais recente, Samba Meu.

REACIONÁRIO SENTE INVEJA DA ABORDAGEM CRÍTICA ORIGINAL DE O KYLOCYCLO SOBRE A MÚSICA BRASILEIRA E PARTE PARA OFENSAS

Carinhas assim devem trabalhar por algum figurão da mídia gorda, tamanho o reacionarismo odioso e de muito mau gosto, com jeito de pretenso revanchismo. Na Internet, é muito fácil estagiário de fã-clube, assessor de cantores popularescos, produtor de rádio e TV, se passar por "cidadão comum" e atacar, com calúnias e grosserias, alguém que expressa algum senso crítico.

Trabalhando para ídolos comerciais da música, essas pessoas, tomadas do mais absoluto fundamentalismo brega, se fantasiam de pessoas comuns e não se satisfazem em serem fãs desses ídolos, patrulhando, de forma difamatória, aqueles que simplesmente criticam tais ídolos porque suas músicas são medíocres.

Que essas pessoas apreciem a mediocridade musical dominante em nosso país, tudo bem. Têm até o direito de gostar. Mas elas impedirem que outros reprovem essa mediocridade, isso é expressão do mais puro reacionarismo. É gente que sente inveja daqueles cujo senso crítico vai contra o que essa gente pensa ou acredita. É gente que, desesperada, parte para o ataque porque não aceita a hipótese de que a unanimidade de seus ídolos é impossível.

Segue aqui um texto infeliz sobre uma das melhores cantoras da MPB surgidas nos últimos anos, a bela Maria Rita Mariano, tirado do blog Mondo Pop, e as mensagens reacionárias e fascistas de um tal de Olavo Bruno, exemplo dos reacionários acima citados, atacando até mesmo o presente blog, em mensagens desesperadamente sucessivas, que demonstram a reação rancorosa, paranóica e pseudo-revanchista dele (que afirma que o brega está "em alta"). Muito provavelmente, ele deve trabalhar pela mídia gorda ou para algum desses ídolos popularescos.

Curiosamente, Olavo é o prenome do (mais do que) provável mestre desse infeliz, o jornalista ultradireitista Olavo de Carvalho. Será esse Olavo Bruno filho de Olavo de Carvalho?

Segue o texto infeliz sobre a maravilhosa Maria Rita:

Samba de Maria Rita é sem alma

A carreira de Maria Rita tem como grande marca a utilização ostensiva do marketing. Desde o início, a filha de Elis Regina e César Camargo Mariano é vendida como a nova grande cantora, a legítima sucessora da Pimentinha, a nova diva da canção brasileira. Em 2003, quando do lançamento de seu primeiro CD, auto-intitulado, a Warner usou como slogan “a cantora que todos esperavam”. E aí, tivemos o quê? Um trabalho de alto profissionalismo, totalmente formatado para agradar aos fãs de MPB nos moldes dos anos 60/70, com uma intérprete tecnicamente bem dotada, mas sem o que de fato importa: alma. Mas a propaganda massiva rendeu boas vendas, shows lotados etc.

Segundo, o “originalmente” intitulado trabalho que deu seqüência à carreira da moça em 2005, veio na linha “mais do mesmo”, só que com um repertório inferior, e vendeu bem menos, embora tenha mantido a moça nas manchetes. E, agora, chega a vez de Samba Meu, dedicado ao mais brasileiro dos ritmos.

Bem, para cantar samba de forma convincente, é preciso ginga, swing, jogo de cintura. Ou seja, tudo que Maria Rita não apresenta em momento algum. Lógico que isso não poderia dar certo. E a agora trintona intérprete, para piorar ainda mais as coisas, escolheu mal o repertório, com seis músicas de safra não muito inspirada do bom sambista Arlindo Cruz. Tá Perdoado, a faixa de trabalho, chega a ser constrangedora, de tão banal, mesmo caso de Corpitcho. Os arranjos são refinados, mas pouco ajudam a dourar essa pílula sem graça. O Homem Falou, de Gonzaguinha, é um dos momentos menos inofensivos, ao lado de Maria do Socorro.

No geral, Samba Meu é mais uma prova de que produto de marketing bem vendido e bem embalado, mas sem conteúdo consistente, tende a ser rejeitado por quem pensa ser arte mais do que apenas brilho e badalação. Sem tanto marketing dando suporte, é o tipo do disco que passaria batido, assim como os dois anteriores também teriam.

6 Responses to “Samba de Maria Rita é sem alma”

  1. Comment from olavo bruno:

    mpb vai sair do chão há, há, há!

  2. Comment from olavo bruno:

    a casa vai cair pro o kylocyclo.

  3. Comment from olavo bruno:

    victor e léo é o furação da música sertaneja.

  4. Comment from olavo bruno:

    eu concordo com voce a carreira da Maria Rita é muito duvidoso para mpb, há a casa vai cair pro jornalista alexandre figueiredo pereira.

  5. Comment from olavo bruno:

    Todo Mundo fala que o Benito De Paula é brega, mas quando o Roberto Carlos gravou a música quero ver voce de perto de 1974 é cultura é chique quanta bobagem.

  6. Comment from olavo bruno:

    lulu santos, chico césar e editor do preserve rádio am são tres hipócritas.,


Francamente, a casa vai cair mesmo para esse tal de Olavo Bruno, filhote mimado do AI-5. Quanta inveja por parte dele a aqueles que têm senso crítico.

MINHA RESPOSTA AO REACIONARISMO DE OLAVO BRUNO:

Olavo Bruno, você é filho do Olavo de Carvalho? Parece tão reacionário quanto o pai.

Você deve ser funcionário da Rede Globo disfarçado, deve ser produtor do Domingão do Faustão. Ou então, é estagiário ou assessor desses artistas bregas que aparecem na TV aberta. Sem dúvida alguma, você quer atirar pedras no escuro, disfarçado de cidadão comum.

Sua inveja contra o que O Kylocyclo e Preserve o Rádio AM divulgam tira-lhe o sono, essa inveja verdadeira, rancorosa, essa inveja que quer proteger os medíocres cantores que fazem sucesso às custas de um bom pistolão na grande mídia.

Você, Olavo Bruno, é que verá sua casa cair, e você irá negar até que o último escombro dessa casa desabe. Você não se satisfaz em gostar dos “artistinhas” bregas, não aguenta ver comentários contrários.

Você, Olavo Bruno, está de mau com a vida, deve ter levado um fora da mulher, deve ter levado muito chifre para agir assim dessa forma rancorosa. Tenho pena de você, seu reacionário. Você é que é hipócrita. Você é que está de mal com a vida. Infelizmente você se dará mal, e não sou eu que rogo, porque tenho pena de pessoas infelizes como você. É você que, com esse rancor todo, que determinará o preço de seu reacionarismo.

Em todo caso, eu lhe dou um conselho em seu benefício: corra pros braços de Diogo Mainardi, Reinaldo Azevedo, do seu “pai” e xará Olavo de Carvalho, que eles lhe protegerão diante da próxima tempestade. E não fique dizendo depois que é “esquerdista” porque essa mentira não cola não. Tá na cara que você é reacionário, da pior espécie.