segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Isso é que dá ser corrupto no Primeiro Mundo


O empresário e primeiro-ministro italiano Sílvio Berlusconi - que os baianos reconhecem como uma versão spaghetti do Mário Kertèsz - , envolvido em escândalos de corrupção, infidelidade conjugal e até pedofilia, foi atacado por um homem de 42 anos com uma estatueta. Berlusconi teve rachadura no nariz e no lábio, além de ter quebrado dois dentes. Está internado em um hospital de Milão, onde ocorreu o incidente.

Ele havia sido agredido uma outra vez, em 2004. É o preço que paga uma figura dessas no Primeiro Mundo, onde tem gente que se revolta, e muito.

Mas também, ninguém é perfeito, o que fizeram os italianos elegerem um cara desses? Pelo menos se tem gente ingênua por lá, ter senso crítico, no entanto, não é visto como uma atitude anti-social.

Nenhum comentário: