terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Enchente na Av. Brasil, no Rio de Janeiro


No temporal de ontem no Rio de Janeiro, até a Av. Brasil ficou alagada, parecendo um verdadeiro rio. Rio de Dezembro, melhor dizendo. O temporal atingiu toda a cidade, e um menino que brincava perto de casa, no bairro da Piedade (região do Méier), morreu afogado por ondas jogadas pelos ônibus em trânsito, na Rua Clarimundo de Melo.

Isso é que dá tantos anos de poluição no mundo inteiro, com derrubadas de árvores, queimadas de arbustos e matos, especulação imobiliária, despejo de sujeira no ar e na água, caça predatória de animais (que causam estragos no ecossistema).

Está aí o efeito estufa, para não deixar mentir. E agora no fim de ano tem trovoada dias seguidos no Rio de Janeiro (e em São Paulo e Belo Horizonte também), e tornado e furacão no Sul do país.

E, pasmem vocês, até pouco tempo atrás preocupar-se com a Ecologia era visto como coisa de idiota. Havia gente que falava-se até em "ecochatos". Dizia-se que a militância ecológica era coisa de politicamente correto, e que o legal é botar fogo no matagal para "limpar terreno" para um grande edifício.

Está aí o preço desse comportamento boçal da rapaziada "consciente" citada no parágrafo anterior.

Nenhum comentário: