segunda-feira, 2 de novembro de 2009

ROSANE MALTA, EX-ROSANE COLLOR


A ex-primeira dama, em entrevista ao jornal Extra, afirmou que teme por sua vida, uma vez que ela recebeu ameaças de morte por estar a par de todas as irregularidades em torno do ex-marido. Rosane Malta, que já foi Rosane Collor, está separada do ex-presidente e hoje senador Fernando Collor desde 2005.

Rosane afirma ser um "arquivo vivo" e não se separou de Fernando Collor de forma amigável. Está a par de toda corrupção feita pelo ex-marido. Ela afirmou à Justiça que qualquer coisa que ocorrer contra ela será culpa do senador. As ameaças foram feitas quando ela pensava em ir à casa de uma evangélica que foi mãe-de-santo. Na época da mãe-de-santo, Fernando Collor fazia rituais macabros, seja para facilitar vantagens para ele, seja para "devolver" qualquer ato feito contra ele.

Já dá para perceber o quanto ruim é o político que tem defensores idiotas no Orkut e foi levado para o Senado Federal com a ajuda da "inocente" revista Isto É.

Um comentário:

Edilson Trekking disse...

Alexandre,não foi essa aí que faliu a LBA-Legião Brasileira de Assistencia, ou estou enganado.