quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Menina recebe ameaça de morte de colegas


Uma aluna da Escola Estadual Pacheco Prates, do bairro de Belém Velho, em Porto Alegre, recebeu ontem uma carta contendo um questionário feito por colegas em que uma das questões apresenta como opção matar a garota.

A mãe ficou chocada com o conteúdo da carta, enviada dias depois da menina ter levado um tapa de uma colega. Assustada, a menina se recusa a voltar à escola e pediu até para a mãe transferi-la para outro colégio. A menina, ao ser entrevistada, afirmou que nunca agrediu as colegas, o que agrava mais a situação dos agressores dela.

Este é o ponto em que chegamos, quando a responsabilidade de parte dos pais em educar os filhos é menosprezada. Estes pais parece que produzem filhos só para ter status na sociedade, mas não se preocupam em educá-los, transmitir valores sociais positivos. Isso acaba produzindo crianças agressivas que, no futuro, se tornarão adultos violentos.

Nenhum comentário: