segunda-feira, 9 de novembro de 2009

ASSIM TAMBÉM NÃO DÁ - A UNIBAN EXPULSAR A ALUNA GEYSI


Que a aluna Geysi Arruda errou ao usar roupa considerada provocante, tudo bem.

Mas ela prometeu que iria usar roupas mais comportadas.

Só que a Universidade Bandeirantes optou, arbitrariamente, por expulsar a estudante, também é um outro exagero, um grande equívoco.

"Tudo o que eu mais queria era voltar a estudar. Eu perdi todos os meses que meu pai pagou com muito sacrifício. O meu ano na faculdade foi todo para o lixo. Eu perdi tudo, eu estou muito perdida, muito abalada, é muita pressão de todos os lados", disse Geysi ao Jornal Hoje, da Rede Globo.

A estudante decidiu que iria mudar, aceitou isso numa boa, agora o que parecia uma crítica a um erro dela passou a ser uma desmoralização gratuita. A direção da UNIBAN alegou que Geysi havia "provocado" os alunos, mas essa alegação não parece convincente. Parece coisa para desmoralizar, mesmo.

É evidente que existem erros e erros. Pessoas que cometem erros, até tolices, e são reprovadas por isso. Há outras pessoas que erram, mas depois decidem mudar. Aí essas pessoas merecem mais uma chance.

Pelo depoimento de Geysi Arruda, ela deixou claro que pretendia mudar, até porque acredita-se que as gozações que ela recebeu foram muitas, e por isso a deixaram assustada. Mas ela deveria estudar, sim. E os colegas e a direção da escola deveriam respeitar isso. Dá para contornar as situações sem tirar de Geysi o direito de estudar, até porque quem sabe as futuras lições acadêmicas possam fazê-la progredir até como pessoa?

Nenhum comentário: