quinta-feira, 8 de outubro de 2009

GAÚCHOS, TREMAM - YEDA CRUSIUS CONTINUA NO CARGO


A base aliada da governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius, conseguiu arquivar o pedido de impedimento com 16 votos pela permanência da economista no cargo.

Com isso, os gaúchos terão que aguentar mais um ano com Yeda no comando. O consolo é o pessoal do Rio Grande do Sul não eleger mais um tucano para o governo estadual. Não sei se Yeda quer se reeleger, mas em todo caso tucano por tucano, a orientação ideológica é a mesma.

2 comentários:

Edilson Trekking disse...

Acabou em pizza

Marcelo Delfino disse...

A maior parte do PSDB gaúcho quer apoiar o candidato a governador pelo PMDB. Ainda que o PMDB nacional se coligue com o PT, o que inviabilizaria uma coligação oficial PMDB-PSDB no 1º Turno gaúcho.