quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Falta até banheiro em escola no interior do Maranhão


No interior do Brasil, há miséria, opressão, analfabetismo, descaso, abandono.

É justamente nestas regiões que há o domínio de fazendeiros e políticos que fizeram horrores com a Amazônia, promoveram a pistolagem que dizimou militantes sociais, incluindo gente do nível de Chico Mendes e Dorothy Stang. Contribuíram, desde décadas, para o agravamento da miséria, do analfabetismo, para o emburrecimento cultural, para o sufocamento das manifestações populares autênticas através da música brega, engodo financiado, com gosto, pelo poder latifundiário brasileiro.

Nestes lugares, há também corrupção política e desprezo à sociedade. Daí o exemplo da cidade de Arame, no interior do Maranhão, onde estudantes chegam ao ponto de não saberem sequer a série em que cursam. A escola mostrada na reportagem do Bom Dia Brasil tem instalações péssimas e falta até banheiro.

Onde estão os estudiosos e militantes da Educação em nosso país? Será que eles também sucumbiram à ilusão de que Educação se limita a praticar esporte e aprender Português e Matemática?

Nenhum comentário: