quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Agora é sério: sapatos de couro e verniz perderão status "social"


Sem brincadeira, agora é sério. Os chamados "sapatos sociais" estão com sua aposentadoria anunciada.

Os sapatos de couro e verniz, juntamente com suas meias de nylon, estão perdendo o seu lugar no lazer social das classes abastadas. Símbolo de um comportamento mais formal de profissionais de status - como empresários e profissionais liberais - , esses tipos de calçados, embora continuem comumente utilizados em ocasiões de lazer, no futuro só serão admitidos em eventos extremamente formais ou ao cotidiano profissional de empresários, executivos e profissionais liberais.

Com as transformações dos valores da sociedade, o uso de sapatos de couro e verniz nas ocasiões de lazer, além de não ser confortável (os calços são incômodos), dá a impressão de que o homem que usa tais calçados passa uma idéia de sisudo, de alguém com pretensão de provar forçadamente alguma coisa, de alguém que não está à vontade nos momentos de lazer.

Entre os mais jovens, o uso excessivo desses sapatos está associado a uma pretensão apressada de ascensão social. Entre os mais maduros, tal uso é associado a valores de maturidade e elegância que estavam em alta há mais de 25 anos, mas que hoje soam antiquados e ineficazes.

Nenhum comentário: