domingo, 27 de setembro de 2009

NÃO APOIO A CANDIDATURA DO RIO PARA AS OLIM-PIADAS DE 2016


Mais desperdício de dinheiros. Mais lobbys políticos. Mais notícias animadinhas no showrnalismo político-esportivo internacional. Mais gastos com publicidade. Mais ternos para o Carlos Arthur Nuzman.

No entanto, nada de investimentos para Saúde, Educação e para o fim definitivo das desigualdades sociais. Nada de acabar com a criminalidade ainda preocupante no Rio de Janeiro. Nada de investir na desfavelização, transferindo a população carente em edifícios mais dignos.

O Brasil, infelizmente, está muito longe de ser a potência dos esportes olímpicos. Seus atletas são bem intencionados, até esforçados. Mas o excesso de publicidade e de oba-oba da mídia não faz com que os atletas brasileiros tragam mais medalhas e mesmo o ouro é coisa rara, diante de potências como EUA e até Cuba.

Mas, também, o que são medalhas para esportistas, se os verdadeiros batalhadores do Brasil não conseguem ganhar sequer um salário mínimo?

Por isso, NÃO AO RIO 2016. Não à candidatura do Rio de Janeiro para a sede das Olim Piadas de 2016.



Que 2016, no Rio de Janeiro, seja destaque apenas por uma linha de ônibus ligando o Castelo à Barra da Tijuca.

4 comentários:

Marcelo Delfino disse...

Texto magistral, Alexandre. Ele vai ganhar um banner no blog Brasil, um País de Tolos, a exemplo do que já aconteceu com o Planeta Laranja.

ANA SPICE GIRL disse...

Quem é contra as Olimpíadas adota o mesmo discurso e isso é como telefone sem fio. O espírito olímpico é bom para a cidade em muitos aspectos. Agora vem a pergunta: Por que será que é só aqui que acontece um repúdio de meia dúzia ao período olímpico? Resposta: Porque infelizmente tem gente que não pensa como deveria pensar, ou seja , corretamente!

Beto disse...

Antipatriotas...

Shogun disse...

Moça ou você não entendeu patavinas do texto ou está mal intencionada, afinal achar que "tem gente que não pensa como deveria pensar, ou seja , corretamente!" Soa como impor sua opinião acima de qualquer outra como verdade absoluta.

Essa meia dúzia de pessoas que são contra tem total direito de ser contra e questionar.

Eu acho que o Brasil antes de construir praças esportivas precisa investir em esporte, investir no ser humano. Enquanto se gastam 100 milhões em publicidade para a candidatura do Rio 2016 nossa principal revelação na ginastica olimpica precisou passar rifa para arrecadar dinheiro para uma cirurgia de uma lesão. Isso é somente um pequeno exemplo.

Eu sou contra.

http://shogunidades.blogspot.com/