domingo, 27 de setembro de 2009

CHAVEZ APÓIA CANDIDATURA DE DILMA ROUSSEFF


No discurso de abertura da segunda Cúpula América do Sul-África, o presidente da Venezuela, Hugo Chavez, declarou apoio à ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, como candidata à presidência para 2010.

Disse Chavez: "Dilma será a próxima presidente do Brasil. Sei que vão me acusar de ingerência, meu coraçãozinho é quem está falando. Minha candidata é a Dilma."

Essa declaração aumentou mais o gosto amargo da grande mídia em relação à candidatura Dilma Rousseff. Nem a chamada "mídia fofa", que é aquela facção da grande mídia que não costuma ter o mau humor reacionário de Globo, Folha, Estadão e Veja, quer Dilma no Planalto em 2011.

A mídia fofa (Isto É, Bandeirantes, Jornal do Brasil) estuda meios de defender a candidatura de Aécio Neves em detrimento de José Serra, defendido pela mídia gorda. Caso não consiga, terá que verificar se o PMDB terá um candidato e se ele será "palatável" para essa mídia. Se tudo fracassar, a mídia fofa vai apoiar Serra, mesmo.

Um comentário:

Marcelo Delfino disse...

Me sinto plenamente à vontade para comentar essa declaração do pangaré bolivariano. Já fiz isso no meu blog. Porque, embora não goste nem de Lula, nem da Dilma, nem do PT e muito menos do pangaré, também não faço coro com a mídia gorda ou gordinha. Terá que mudar muita coisa no PSDB para eu votar em um presidenciável tucano, um dia. Não quero Serra, nem Aécio, nem ninguém do Partido do Movimento Direitista Brasileiro. Ciro não serve, porque é amigo do CorrupTasso. PSOL e PCO são extrema-esquerda. Marina Silva é linha auxiliar do Lula. Não restou ninguém.