quinta-feira, 17 de setembro de 2009

CÉSAR MAIA DEPÔS SOBRE O CASO "CIDADE DA MÚSICA"


O ex-prefeito do Rio de Janeiro, César Maia, prestou depoimento hoje na Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente, para falar sobre as obras da Cidade da Música, na Barra da Tijuca. A polícia investiga a falta de licenças para o projeto, como os estudos para verificar o impacto ambiental da construção.

César Maia disse não saber que havia ou não licença, afirmando que a responsabilidade da fiscalização é da Fundação Estadual de Engenharia do Meio Ambiente (Feema). A Casa da Música foi inaugurada em 26 de dezembro do ano passado, mesmo com as obras inacabadas. O INEA (Instituto do Meio Ambiente), órgão ligado à Secretaria de Estado do Ambiente, disse que a Feema emitiu todas as licenças.

O ex-prefeito falou durante três horas. O depoimento era o que faltava para a polícia concluir a investigação, que dura seis meses.

Um comentário:

Edilson Trekking disse...

Alexandre, esperamos que seja Cidade da Música mesmo.
Fiquei sabendo que até no Circo Voador rolou "funk".